top of page

Bono revela prováveis ameaças de morte que U2 recebeu em novo livro; entenda

Bono relata em seu novo livro que U2 foi alvo do IRA (Exército Republicano Irlandês), gângsteres e um grupo de extrema-direita

CRÉDITO: Sergione Infuso/Corbis via Getty Images

Bono vox, vocalista da banda U2, relatou algumas prováveis ameaças de morte que a banda recebeu em seu novo livro de memórias 'Surrender: 40 Songs, One Story' que será lançado muito em breve.

 


 


Em algumas partes do livro, Bono dedica o espaço para abordar as inúmeras ameaças que o grupo recebeu do Exército Republicano Irlandês (IRA), gângsteres e alguns grupos de extrema-direita ao longo de sua carreira.


Bono assegura no livro que Gerry Adams, o falecido ex-líder do Sinn Fein, disse que a banda “fede” por causa de sua postura pró-paz. “A oposição do U2 aos paramilitares (de todos os tipos) custou ao IRA uma valiosa arrecadação de fundos nos EUA”, justifica o livro.

 


 

O líder do U2 comentou sobre o livro publicamente pela primeira vez ontem (16), em uma conversa com o The Times e no The Sunday Times Cheltenham Literature Festival, e recordou como oficiais da filial especial disseram que sua esposa, Ali Stewart, seria um alvo provável, até mais do que ele. “Ainda levo isso a sério”, escreveu ele no livro (via The Times).


Ele também elenca no livro que sua família foi alvo de supostas ameaças de sequestros, arquitetadas por gângsteres na Irlanda. Bono ainda afirma que um “famoso líder de gangues em Dublin estava planejando sequestrar [suas filhas], que o pessoal [do gângster] ficou vigiando sua casa por vários meses."

CRÉDITO: Han Myung-Gu/WireImage

Bono também afirma que durante o lançamento de 'Pride' - canção de tributo a Martin Luther King, eles sofreram ataques de grupos de extrema-direita. Ele ainda relembrou de um incidente durante um show no Arizona, onde receberam mensagens de que se cantassem a música sobre Luther King, eles "não chegariam ao final da canção."

 


 

Bono está programado para lançar seu livro de memórias em 1º de novembro pela editora Alfred A. Knopf (e em forma de audiolivro pela Penguin Random House).


O título de 576 páginas irá abordar e aprofundar nas origens de 40 canções da extensa discografia do U2. Cada capítulo recebeu o nome da música em questão, com a história de vida de Bono entrelaçada durante o livro.


Surrender: 40 Songs, One Story' ainda não tem previsão de ganhar uma edição brasileira.


 

38 visualizações0 comentário
bottom of page