top of page

Bono do U2 anuncia turnê mundial do livro 'Stories Of Surrender'

Os eventos são anunciados como "uma noite de palavras, música e algumas travessuras..."

Bono. Crédito: Imprensa.

Bono, do U2, está pronto para embarcar em uma turnê mundial de divulgação do seu livro de memórias intitulado ‘Surrender: 40 Songs, One Story'.

 


 

A obra com 576 páginas deve chegar em 1º de novembro pela editora Alfred A. Knopf (e em formato de audiolivro pela Penguin Random House, sem previsão aqui no Brasil) e, como o próprio título indica, explorará as origens de 40 músicas-emblemáticas da discografia do U2. Cada capítulo recebeu o nome de uma canção que é detalhada, com a história de vida de Bono tecida ao longo do livro.



No mês que vem, Bono sairá em uma turnê por 14 cidades, chamada 'Stories Of Surrender', que começará em 2 de novembro em Nova York.


Os eventos foram anunciados como “uma noite de palavras, música e algumas travessuras”. Bono disse em um comunicado: “Sinto falta de estar no palco e da proximidade do público do U2.

 


 

“Nesses shows eu tenho algumas histórias para contar e algumas músicas para cantar. Além disso, quero me divertir apresentando meu ME-moir, SURRENDER, que é realmente mais um WE-moir se eu pensar em todas as pessoas que me ajudaram a chegar de lá até aqui.”


A sinopse oficial de Surrender diz: “Bono — artista, ativista e vocalista da banda de rock irlandesa U2 — escreveu um livro de memórias: honesto e irreverente, íntimo e profundo, Surrender é a história da vida notável que ele viveu, os desafios que ele enfrentou. enfrentou, os amigos e familiares que o moldaram e sustentaram.


O próprio Bono disse: “Quando comecei a escrever este livro, esperava desenhar em detalhes o que antes só esboçava nas músicas. As pessoas, lugares e possibilidades na minha vida. Rendição é uma palavra carregada de significado para mim. Crescer na Irlanda nos anos 70 com os punhos para cima (musicalmente falando), não era um conceito natural. Uma palavra que eu apenas circulei até reunir meus pensamentos para o livro.

 


 

“Ainda estou lutando com este mais humilhante dos comandos. Na banda, no meu casamento, na minha fé, na minha vida como ativista. A rendição é a história da falta de progresso de um peregrino… com uma boa dose de diversão ao longo do caminho.”


34 visualizações0 comentário
bottom of page