Bono e The Edge do U2 fazem apresentação em abrigo antibombas em Kiev



Bono e The Edge do U2 apareceram de surpresa em um abrigo antiaéreo em Kiev hoje pela manhã (8) e apresentaram uma performance acústica bonita e comovente a pedido do presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy.


A dupla tocou algumas canções de maiores sucessos do U2 e declararam seu total apoio ao país, que vem se defendendo de uma invasão da Rússia desde 24 de fevereiro.


U2 lança versão acústica de "Sunday Bloody Sunday" em homenagem às vítimas do 'Domingo Sangrento'


Bono e The Edge se apresentaram em uma das estações de metrô de Kiev que foram reaproveitadas como abrigo antiaéreo desde o início da invasão. De acordo com o Irish Times, os músicos começaram a apresentação com 'Sunday Bloody Sunday' quando o som das sirenes de ataque aéreo começaram a soar de longe.


O público presente ainda foram agraciados com versões de clássico como: 'With Or Without You', 'Desire' e 'Angel Of Harlem'. Antes disso, Bono disse à multidão que “não havia nenhum lugar no mundo em que preferimos estar hoje do que na grande cidade de Kiev”.


A dupla também fez um cover de 'Stand By Me' de Ben E. King, trazendo um soldado ucraniano no palco para ajudá-los a cantar, e mudando o "eu" na letra para "Ucrânia". Músicos que tiveram que se juntar ao exército nos últimos meses também se juntaram à banda no palco durante todo o set, incluindo Taras Topolya, de Antytila, segundo a Rolling Stone.


Durante a apresentação, Bono também abordou a guerra que está em andamento na Ucrânia e tirou a vida de 3.280 civis ucranianos até sexta-feira (6 de maio), segundo o ACNUDH. “As pessoas na Ucrânia não estão apenas lutando por sua própria liberdade, você está lutando por todos nós que amamos a liberdade”, disse ele. “Oramos para que você desfrute um pouco dessa paz em breve.”


Após o show surpresa, Bono e Edge postaram um tweet na página do U2 explicando: “O presidente @ZelenskyyUa nos convidou para tocar em Kiev como uma demonstração de solidariedade com o povo ucraniano e é isso que viemos fazer".


 


13 visualizações0 comentário