top of page

'Admirável Chip Novo': A ótima e eletrizante estreia da cantora e compositora Pitty em 2003

“Admirável Chip Novo” é o disco de estreia da Pitty e tem como sua inspiração o famoso livro “Admirável Mundo Novo” de Aldous Huxley.

Foto: Divulgação/Otávio Sousa.


Em 2003, a MTV Brasil estava em pleno vapor acompanhando as tendências Pop da época com os olhares bem cirúrgicos para cada uma delas. Anos antes já tinha ajudado a projetar bandas e artistas como Skank, Cássia Eller, Planet Hemp, Nação Zumbi, Charlie Brown Jr. e Raimundos para o cenário nacional e mundial da música. E para esse ano, que foi marcado por muitos acontecimentos culturais e midiáticos, a emissora apresentou a cantora baiana Pitty e seu respeitável álbum 'Admirável Chip Novo', ao mostrar que a música boa acontece independente da sua origem e provar que seu faro é rico em reconhecer qualidade musical.


'Admirável Chip Novo' é o disco de estreia da cantora e compositora Pitty e tem como sua inspiração o famoso livro Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley. Ele tem muitas canções que fazem parte de melhores músicas dos anos 2000, com um rock bem elétrico e com letras avassaladoras e até mesmo atemporais.



O trabalho tem 11 faixas com destaque para sua abertura “Teto de Vidro”, que é uma explosão (no bom sentido) de som e letra ao levar o ouvinte a reflexões e ao autoconhecimento através de um lírico provocativo em um som impactante por conta do seu lado instrumental. “Admirável Chip Novo”, traz um contexto tecnológico para 'Admirável Mundo Novo' de Aldous Huxley, em que somos dependentes de tecnologia como se fossemos robôs em uma letra cheia de protesto e um som inesquecível de bateria e guitarra.


“Máscara” chega bem mais lírica, a faixa mergulha em uma atmosfera reflexiva e de autoconhecimento. Uma mensagem de aceitamento bem oportuna para os dias atuais, onde as pessoas precisam se amar mais e aceitar seus defeitos e qualidades. Uma canção empolgante e viciante. “Equalize”, uma balada romântica ao nível de um rock alternativo grudento (no bom sentido) e envolvente. Daquelas faixas que você com certeza vai querer revistar muitas outras vezes.



“O Lobo”, uma crítica feroz às guerras que aconteceram na história da humanidade, pois elas promovem tristezas nas pessoas em um instrumental extremante forte. “I Wanna Be”, apresenta uma letra que mostra insatisfação com a superficialidade e a falsidade com desejo de ficar longe delas em um hard rock bem poderoso. “Semana Que Vem”, fecha o disco com a musicista fazendo um convite para aproveitar o presente e deixar o futuro para depois com timbres e letras bem afiados.


'Admirável Chip Novo' é um dos melhores discos de 2003, da música brasileira e também do rock ao mostrar elementos atuais com versos líricos que envolvem momentos de raiva, amor, reflexão e crítica de uma forma ótima a ponto de ser impossível se esquecer de suas letras e sons juntamente com o fator de revelar Pitty uma artista que já nasceu grande ao conquistar respeito de público e crítica com seu repertório, que apesar de dado seu início naquele ano, já mostrou ser maravilhoso, influenciador e marcante.

 

Admirável Chip Novo

Pitty


Gênero: Rock, Hard Rock, Rock Alternativo, Metal Alternativo

Lançamento: 7 de maio de 2003

Ouça: "Admirável Chip Novo", "Teto de Vidro", "Equalize", "Máscara".

Humor: Nostálgico, Enérgico


 

NOTA DO CRÍTICO: 10

 

Veja o videoclipe da música "Máscara":


226 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page