“Spice” uma revolução feminina chamada Spice Girls.



Era 1994, um ano marcado pelo Manguebeat, pelo falecimento de Kurt Cobain um dos grandes ícones do Grunge e o surgimento do Oasis no cenário musical. Diante disso, os empresários Bob e Chris Herbert, da Heart Management, decidiram criar na Inglaterra, um girl group para concorrer com as boy bands daquela época com um pop audível e sofisticado. Assim em 1996, surgiram as Spice Girls, com sua música em pouco tempo o grupo alcançou um patamar de grandes personalidades no Pop, com um disco de estreia que faz bodas de prata (25 anos) agora em 2021.


Com a intenção de formar o conjunto feminino inglês, Bob e Chris Herbert, acabaram selecionando cinco jovens: Victoria Adams, Melanie Brown, Melanie Chisholm, Geri Halliwell e Michelle Stephenson. A nova banda foi originalmente chamada Touch e moveu-se para uma casa em Maidenhead na Inglaterra. Emma Bunton foi a última a juntar-se ao grupo, já que Michelle Stephenson saiu por problemas na sua vida pessoal. Entretanto, as meninas brigaram com os empresários e romperam com eles a ponto de trocar o nome Touch para Spice Girls. E logo em seguida em 1996 foi lançado "Spice" seu impactante álbum de estreia.

“Spice” é uma mistura de vários estilos musicais como R&B, Dance, Rap, Hip Hop e Soul, um Pop muito bem executado. Som visceral e alucinante, que consegue ser influenciador e revolucionário a ponto que anos 2000, foi criado no Brasil o nostálgico grupo Rouge como inspiração nelas.

Através disso, temos como destaque músicas como “Wannabe” sendo o single de estreia do grupo, uma música dançante e contagiante com bastante Dance e suingue na base do Pop e do Rap, “2 Become 1” uma balada romântica com toque de Soul e Hip Hop na base de violão, “Say You'll Be There” uma música forte e melódica com toque de R&B, "If U Can't Dance" uma música pop e dançante com pegada eletrônica, “Who Do You Think You Are” com uma melodia visceral e letra interessante sobre a fama e “Mama” uma balada simples e doce em sua melodia.


'Spice' é a confirmação de que existe 'Pop' audível e agradável onde remete a outros álbuns como 'Faith' do George Michael, o autointitulado da Madonna, “Got To Be There" do Michael Jackson, 'Kylie' da Kylie Minogue e 'Please' do Pet Shop Boys, são ótimas estreias de músicos, 'pop' que mostram o poder desse gênero.


Eu nasci e vivi os anos 90, vi a explosão musical que elas fizeram e posso confirmar isso porque elas são tão ótimas e influenciadoras quanto The Beatles, The Who e The Rolling Stones foram na década de 60 a semelhança é que ambos são da Inglaterra e as diferenças é que elas são um conjunto feminino e trouxeram como disse anteriormente sofisticação com os outros excelentes artistas citados anteriormente graças ao seu trabalho de estreia que desde aquela época inspira muito bastante o 'Pop'.

 

Ficha Técnica:

Álbum: Spice

Artista: Spice Girls

Gêneros musicais: Pop, Dance Pop.

Lançamento: 1996.

Ouça: “Wannabe”, “Say You'll Be There”, “2 Become 1” e "Who Do You Think You Are" .




 

Ouça 'Spice' no Spotify:


 

Veja o Clipe de "Say You' II Be There" abaixo:


 

Sobre Alexandre Tiago

Redator

"Um rapaz latino-americano que é um sonhador, que ama futebol, apaixonado pela arte, formado em Direito, é um defensor da democracia e coleciona desde CDs e livros, até as memórias que a vida oferece."

alexandrec_tiago@terra.com.br


 


36 visualizações0 comentário