top of page

Terry Kirkman, do grupo pop The Association, morre aos 83 anos

Ele era conhecido por sucessos dos anos 60, incluindo 'Cherish', 'Windy' e 'Never My Love'.

(Foto de Michael Ochs/Getty)


Terry Kirkman, membro vocal do famoso grupo pop dos anos 1960, The Association, faleceu aos 83 anos. Ele nos deixou em sua residência em Montclair, Califórnia, no último sábado, 23 de setembro, após enfrentar uma prolongada enfermidade.


“Estamos tristes em informar que Terry Kirkman faleceu ontem à noite, RIP Terry”, dizia uma mensagem postada nos canais oficiais de mídia social da banda ontem (domingo, 24). Ele viverá em nossos corações e na música que escreveu de maneira tão brilhante. Enviando abraços e muito amor para [esposa de Kirkman] Heidi e [filha] Sasha.”


Heidi Berinstein Kirkman, a esposa de Terry Kirkman, confirmou ao Los Angeles Times que ele faleceu devido a complicações causadas por insuficiência cardíaca congestiva, após enfrentar uma prolongada batalha contra a doença. Ele deixa sua filha Sasha, seu genro e dois netos.


The Association, uma banda formada em 1965, tornou-se renomada por seu estilo musical "sunshine pop", caracterizado por harmonias vocais excepcionais e composições suaves e melodiosas.


No Reino Unido, o maior sucesso da banda foi a música "Time for Livin" de 1968, que chegou à 23ª posição nas paradas musicais. Nos Estados Unidos, eles conquistaram o topo das paradas da Billboard com duas canções: "Cherish", escrita por Kirkman em 1966, e "Windy" no ano seguinte.


A banda teve a honra de fazer a abertura do icônico Monterey Pop Festival de 1967, muitas vezes reconhecido como o pioneiro dos grandes festivais de rock nos Estados Unidos. Nesse evento, eles compartilharam o palco com lendários artistas como Jimi Hendrix, The Who, Otis Redding e Janis Joplin.





História na música


Nascido em Salina, Kansas, em 1939, Terry Kirkman fez a mudança para Los Angeles nos primeiros anos da década de 1960, acompanhado por seu amigo e futuro colega de banda na The Association, Jules Alexander. Em seus primeiros empreendimentos musicais, ele até compartilhou palco com Frank Zappa antes de estabelecer a banda de 13 integrantes conhecida como The Men, que mais tarde evoluiu para se tornar The Association.


Durante sua trajetória com a The Association, Kirkman participou da gravação de sete álbuns de estúdio. Ele deixou a banda em 1972, retornou brevemente em 1979 e, por fim, decidiu se afastar novamente em 1984, devido ao desgaste causado pela intensa agenda de turnês.



O Teoria Cultural agora tem um canal no Whatsapp, siga a gente por lá para não perder nenhuma informação e novidade sobre o mundo pop. Acesse o canal aqui.

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page