top of page

Josh Klinghoffer diz que estar no Red Hot Chili Peppers foi “enormemente sufocante”

"Eles são uma banda estabelecida com um som estabelecido, e eu aprendi com o tempo o quão pouco era possível desviar disso"

Josh Klinghofer Crédito: Getty

Josh Klinghoffer falou sobre seus dez anos no Red Hot Chili Peppers, alegando que criativamente, a experiência foi “enormemente sufocante”.

 


 

Klinghoffer se juntou à banda em 2009 depois de atuar como membro de turnê após a saída do guitarrista John Frusciante. Klinghoffer gravou dois álbuns com o Red Hot Chili Peppers - 'I'm With You' de 2011 e 'The Getaway' de 2016. Ele foi convidado a deixar a banda em 2019, quando Frusciante voltou e desde então se juntou ao Pearl Jam em apresentações ao vivo.



Falando sobre sua década com o Red Hot Chili Peppers, Klingoffer disse ao Guitar World (via Radio X) que “por mais que eu ame esses caras e adorasse tocar com eles, também foi extremamente sufocante criativamente. Eles são uma banda estabelecida com um som estabelecido, e eu aprendi com o tempo o quão pouco era possível desviar disso”, explicou ele.

 


 

“Por mais que eu pensasse que eles estavam prontos para experimentação, eles geralmente ficavam em sua própria pista.”


Ele continuou dizendo que “obviamente, é triste quando algo é tirado de você”.


O Red Hot Chili Peppers comemorou o retorno de Frusciante lançando o álbum duplo ' 'Unlimited Love' e saindo em uma turnê global em estádios.

 


 

O álbum duplo de acompanhamento 'Return Of The Dream Canteen' está previsto para ser lançado em 14 de outubro.


77 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page