top of page

Em Nothing Lasts Forever, o Teenage Fanclub apresenta uma sonoridade madura sem perder a leveza

Atualizado: 5 de out. de 2023

Apesar da fase mais madura e centrada, o grupo britânico não deixou a suavidade de lado.

Imagem: Reprodução.


Dá para escrever músicas sem falar sobre a vida pessoal? Se fizermos essa pergunta ao principal vocalista do Teenage Fanclub, Norman Blake, ele dirá que não. Em "Foreign Land", a música que abre o belo disco 'Nothing Lasts Forever' (2023), percebemos uma letra mais madura sobre uma melodia mais lenta, menos característica do grupo. Explico o fato: a música trata da separação de Blake.


A segunda música do disco, "Tired of Being Alone", é uma bela composição de Raymond McGinley sobre esperança em dias mais leves, um baita contraste com a não menos bela canção de Blake. A seguir, temos "I Left A Light On". Essa foi a música que mais me impactou na primeira audição do disco, pelo fato de ser uma canção terna e fresca sobre o ato de esperar algo ou alguém, sem necessariamente ser algo triste ou ruim.



“See The Light” Lembra a época mais solar do grupo, com uma levada pop e contente. Uma bela música para se ouvir ao ar livre e a luz do sol. “It`s Alright” é mais uma canção pop de Blake, dessa vez com um tom mais leve e feliz, comentando sobre as coisas simples da vida que, às vezes, deixamos de aproveitar e observar.


“Falling Into the Sun” – E que tal aproveitarmos a vida sem culpa? O grupo traz mais uma vez essa ideia na canção com um belo arranjo de guitarras e até um leve toque lírico. “Self-Sedation” – Essa é a faixa mais “triste” do disco, daquelas que está disfarçada de canção fofinha e fala sobre isolamento, autopunição e, por que não dizer, culpa.


"Middle of My Mind" é uma música de Raymond McGinley com uma atmosfera mais sonhadora e leve. "Back To The Light" é uma música fofa, ao melhor estilo Teenage Fanclub. Nela, percebemos um tom mais leve e feliz.


O disco termina com a belíssima "I Will Love You", a faixa mais longa do álbum, mas não menos boa. É um belo convite para olharmos para dentro de nós mesmos e analisar o que queremos e podemos mudar. Afinal de contas, como o próprio Teenage tem um disco intitulado "Shadows" (2010) (que é assunto para outra oportunidade), todos nós temos as nossas "sombras", não é mesmo?



Apesar da fase mais madura e centrada, o grupo britânico não deixou a leveza de lado e trouxe mais um disco que nos faz perceber que ainda existe música de qualidade sendo produzida.

 

Nothing Last Forever

Teenage Fanclub


Lançamento: 22 de setembro de 2023

Gênero: Indie Rock, Power Pop

Ouça: "I Left A Light On", "Back To The Light", "I Will Love You"

Humor: Gentil, Alegre, Reflexivo

Pra quem curte: Big Star, Velvet Crush, The Posies



 

NOTA DO CRÍTICO: 8,0

 

Ouça o disco no Spotify:






















 

Ouça "I Will Love You"


47 visualizações0 comentário
bottom of page