top of page

Teenage Fanclub e Sua Obra-Prima Bandwagonesque: Essencial Para Entender o Que Foi 1991

Atualizado: 14 de fev. de 2023

Banda escocesa cravou definitivamente seu nome na história das grandes bandas de todos os tempos com um clássico absoluto.

Imagem Reprodução.


Era aquele ano mágico de 92 e a primeira vez que eu tomei algum conhecimento relacionado ao Teenage Fanclub foi nas páginas da saudosa revista Bizz e, posteriormente, na telinha, com imagem tosca via sinal de parabólica, algo tão característico da época (e que representava até certo privilégio, quem diria) com o clipe de "Star Sign" na MTV num começo de madrugada qualquer.


O álbum 'Bandwagonesque', terceiro dos escoceses, conseguiu o feito de figurar no topo da lista dos melhores do ano de 1991, na conceituada revista norte-americana Spin. Sim, isso mesmo, desbancou 'Nevermind' do Nirvana. Curioso perceber, de certa forma, que estes dois grandes discos daquele período trazem em suas capas imagens associadas ao dinheiro. O clássico do trio de Seattle estampa o célebre bebê sendo fisgado pela cédula de dólar (recentemente, temos visto que ele, passados 30 anos, ainda corre atrás de muitas e muitas mais que o disco proporcionou à banda) e o quarteto da Escócia ilustrava em fundo rosa um saco amarelo com o símbolo do cifrão. Se me permitem a viagem teórica aqui, estávamos começando a viver o início do “fim da história”, defendido por um ilustre intelectual e os únicos modelos de sociedade que se sustentariam seriam aqueles firmados na democracia liberal e, claro, com o capital ditando os rumos sempre. Mas isso é outra divagação. E o tempo acabou mostrando que Kurt e seus parceiros é que se deram melhor com esse lance da grana, afinal todo mundo sabe do sucesso surpreendente – para a época – de 'Nevermind'.



Mas por que Teenage Fanclub, com um disco tão perfeito e sublime, acessível e diria que até brilhantemente pop, não conseguiu trilhar pelo menos uma parte do caminho glorioso percorrido pelo Nirvana ou, para citar um exemplo do que viria a seguir no Reino Unido, pelo Oasis que esteve à frente da grandiosa invasão britpop no meio dos 90 ? Digamos que a vida é assim. Tem coisas que não se explicam mesmo.


Trinta anos depois, 'Bandwagonesque' continua impecável, majestoso, uma quase meia idade bastante conservada à base de tantas melodias envolventes, vocais divinamente celestiais, guitarras esplendorosas proporcionando harmonias das mais maravilhosas que remetem a momentos que podem nos levar à inspiração sagrada de Neil Young ou The Beach Boys. Por falar em Neil Young, tem até faixa com título em homenagem ao gigante canadense no – igualmente – belo 'Grand Prix', de 1995.


Teenage Fanclub concebe melodias que sangram docemente o coração, sem deixar de fazer a alma levitar, de forma única. Uma banda sem medo e sem vergonha de escancarar para o mundo suas influências de colossal histórico de contribuições ao planeta pop.

"The Concept" é a grande pérola do disco. Das aberturas mais arrebatadoras da história, sem dúvida. Sempre tive em mente que essa é a música que eu queria ter composto se tivesse feito parte de alguma guitar band no começo dos anos 90. A simplicidade de "What You Do To Me" ajuda muito a definir o conjunto das mais nobres impressões causadas pela audição dessa obra-prima irretocável. Me lembro de uma certa noite em que, tomado por insistente e descabida insônia, peguei a fitinha mais próxima que encontrei e inseri no walkman (geração streaming, pesquise o que é/era isso) e a primeira faixa a invadir os tímpanos foi "Alcoholiday". Isso exemplifica bem aquele instante em que, mesmo à mercê da banalidade que rege a maior parte das horas muitas vezes, a vida te surpreende com um sopro de êxtase que dignifica todo aquele tempo que parecia perdido e apenas mais do mesmo (aliás, lembrei que, além de Kurt Cobain, outro ícone genial também curtia o grupo escocês, o nosso eterno Renato Russo).



'Bandwagonesque' é quase uma coletânea nos moldes da banda, não dá pra desprezar uma faixa sequer aqui. A ternura de "Guiding Star" comprova isso. E não é que os caras, magistralmente, souberam se portar como dignos herdeiros e condutores do legado inquestionável do Big Star! Sem esquecer daquela notória perfeição toda atingida pelos Beatles há tanto tempo atrás. E que final estupendo de lindo com o instrumental imerso em magia pura de "Is This Music?"

'Bandwagonesque', assim como Nevermind, não (re)inventou a roda. Longe disso. Mas foi a rajada de brilho e vida, com frescor e certo sabor de novidade, que o cenário das guitarras ruidosas estava pedindo. Baseado nisso, sempre penso naquela lista da Spin e reforço ainda mais a minha percepção do quanto a revista acertou no alvo, do qual tantas outras passaram tão longe.

 

Bandwagonesque

Teenage Fanclub


Lançamento: 19 de novembro de 1991;

Gênero: Indie Rock, Rock Alternativo, Power Pop

Ouça: "Star Sign, "The Concept" e "Alcoholiday"

Humor: Pungente, Exuberante, Calmante



 

NOTA DO CRÍTICO: 10

 

Veja o clipe de "Star Sign" abaixo:


 





432 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page