top of page

Dez músicas para conhecer, ouvir e apreciar a Disco Music

Nessa lista especial, 10 músicas da Disco Music lançadas na década de 70 que mostra o quanto gênero foi importante para a música e a cultura pop


Há quarenta e cinco anos atrás, no ano de 1977, um gênero musical vivia seu auge, agitava as pistas de dança, as casas noturnas da época, tocava bastante nas rádios, agitava as festas e dominava as paradas musicais mundiais, onde literalmente colocou o mundo inteiro para dançar. Prazer, sou a Disco Music.


A Disco Music surgiu no início da década de 70, com a ideia de fazer clubes de dança, que mais tarde se chamariam de discotecas, para: negros, latino-americanos e apreciadores de música psicodélica nos Estados Unidos. Porém, o seu grande momento se deu em 1977 quando foi lançado o ótimo filme “Os Embalos de Sábado à Noite” que teve no seu elenco o ilustre ator estadunidense John Travolta. O filme deu destaque internacional ao gênero musical.


No Brasil o estilo surgiu em 1976 quando foram inauguradas as casas de show “Frenetic Dancing Days Discotheque”, fundada pelo jornalista e produtor musical Nelson Motta. A outra em destaque foi a “New York City Discotheque”, ambas localizadas na cidade do Rio de Janeiro. Mas a Disco Music se popularizou de vez no país em 1978, quando foi lançada a telenovela brasileira "Dancin’ Days" criada pelo renomado autor brasileiro Gilberto Braga.


Após seu período de auge, a Disco influenciou e ainda influência muitos artistas do Rock ao Pop, com seu ritmo contagiante, sua parte instrumental magnifica e suas coreografias que são simplesmente inesquecíveis.


Com isso, o Teoria Cultural apresenta 10 músicas da Disco Music lançadas na década de 70 que mostra o quanto gênero foi importante para a música e a cultura pop.

 

1-“Dancin’ Days” de As Frenéticas

Começando a playlist com a música de abertura da telenovela "Dancin' Days". A faixa leva o nome da obra de Gilberto Braga, interpretada pelo excelente girl group, As Frenéticas com um som contagiante, cativante e envolvente. Com músicas que exaltam a força que o gênero musical possui ao trazer elementos dançantes e que levam o ouvinte a dançar com seu ritmo frenético e uma letra que é bastante legal que dominou paradas musicais e influenciou muitas pessoas a ponto de o músico Lulu Santos regravar a canção seu disco "Anti Ciclone Tropical" de 1996 onde reapresentou a Disco para a década de 90. Ouça!

 

2- “Acenda o Farol” de Tim Maia

Em 1978, o extraordinário músico brasileiro Tim Maia lançou um ótimo disco chamado "Tim Maia Disco Club" que contém músicas da Disco Music, onde uma das melhores faixas desse trabalho é “Acenda o Farol” que tocou e ainda toca bastante em pistas de dança e que mostrou uma grande versatilidade do síndico da música brasileira ao trazer um repertório dançante que faz o ouvinte se emocionar mas também dançar com seu sentimentalismo único cheio de ginga, Soul Music e romantismo. Ouça!

 

3- “Don't Stop 'Til You Get Enough” de Michael Jackson

Em 1979, com a produção de Quincy Jones, Michael Jackson lançou o maravilhoso disco “Off The Wall” e uma das músicas mais marcantes e lembradas dele é “Don't Stop 'Til You Get Enough” que fez o jovem artista se desvincular totalmente do som que fazia no The Jackson 5 com seus irmãos. O hit e o álbum foram fundamentais para caracterizar futuramente e fazer de Michael Jackson um dos nomes mais importantes do Pop e da música com um repertório musical que é bem marcante, original e espetacular. Ouça!

 

4- "Night Fever" de Bee Gees

O filme “Os Embalos de Sábado à Noite” fez a Disco Music atingir seu auge no ano de 1977. Um dos fatores foi a efetiva participação da banda Bee Gees na sua marcante trilha sonora que esteve em boa parte das faixas do álbum. Uma das melhores músicas do grupo que se destaca bastante é a emblemática “Night Fever” que possui um ritmo contagiante que é impossível ficar parado e não dançar, por ter instrumental eletrizante e uma letra bem solar que apresenta uma bela harmonia dos irmãos Gibb.

 

5- “Can’t Get Enough Of Your Love, Babe” de Barry White

Barry White é um dos grandes nomes da Soul Music e também da Disco Music onde é considerado em ambos os gêneros musicais um grande precursor. Sua voz profunda e grave embala pistas de dança, casas noturnas e corações graças às suas ótimas baladas românticas com um instrumental que é ótimo e inesquecível. E uma de suas melhores canções da sua enorme compilação é a sensacional “Can't Get Enough of Your Love, Babe” com um som maravilhoso e uma letra bem bonita que apresenta um romantismo bem forte.

 

6- “Good Times” da banda Chic

Entre 1975 e 1976 o esplêndido guitarrista Nile Rodgers juntamente com o excelente baixista Bernard Edwards fundaram a espetacular banda Chic. O grupo possui muitas músicas inesquecíveis para Disco Music, e uma delas que dominou as paradas musicais em 1979 foi a maravilhosa “Good Times” que serve como uma celebração para as coisas boas que a vida proporciona a cada um de nós. Com uma letra bem espetacular que mostra o quanto Nile Rodgers é um dos grandes instrumentistas ao configurar ótimos solos de guitarras.

 

7- “Keep It Comin’ Love” da banda KC & The Sunshine Band

Fundada em 1973, o grupo que tem Harry Wayne Casey como vocalista, rapidamente conquistou seu lugar na música com canções marcantes, e uma delas é a romântica e especial “Keep It Comin’ Love” que faz parte do álbum "Part 3" do grupo. Ela é uma verdadeira celebração ao amor com uma letra bem alto astral e sentimental, muito bem acompanhada por um instrumental que mostra o quanto que ela é marcante a ponto de dominar algumas paradas musicais no ano de 1977.

 

8- “Hot Stuff” da Donna Summer

Agora, vamos para a cantora considerada a rainha da (Disco), a sensacional cantora estadunidense Donna Summer. Após ficar nas paradas musicais com as excelentes canções “Love to Love Yoy Baby” e "I Feel Love", no ano de 1979 ela lançou o álbum “Bad Girls". Uma das músicas que faz parte desse clássico é a envolvente “Hot Stuff”, uma canção Disco feita com sintetizador e guitarra distorcida, graças à participação do guitarrista Jeff Baxter que tinha sido integrante das bandas Steely Dan e The Doobie Brothers. A música revolucionou a Disco e futuramente artistas dos mais diversos gêneros musicais como o Pop e a New Wave com sua sonoridade envolvente, contagiante e revolucionária. Ouça!

 

9- "I Will Survive" da Gloria Gaynor

No ano de 1978, a cantora estadunidense Gloria Gaynor colocava emoção e dança lado a lado com a forte canção "I Will Survive". A faixa é um impactante retrato de superação diante das dificuldades que a vida nos impõe. Com seu jeito marcante de cantar, inspirado na Soul Music e com um instrumental bem impactante, a música é um marco atemporal na carreira musical de Gloria Gaynor, a ponto de a música ser considerada uma das maiores da história da música por transformar positivamente a cultura Pop.

 

10- “September" da banda Earth, Wind & Fire

Encerrando a playlist em alto nível, vamos para uma música bem especial. Em 1978, uma banda formada pelo músico estadunidense Maurice White, chamada Earth, Wind & Fire revolucionou a Disco ao lançar uma extraordinária canção com uma pegada bem referenciada no Soul e no Funk.


Essa música é “September”, lançada na primeira coletânea do grupo "The Best of Earth, Wind & Fire, Vol. 1" de 1978, como uma música inédita do disco. A canção contagia por sua sonoridade envolvente e por sua letra excelente que faz qualquer um querer dançar por ser bem alegre e contagiante. Ouça!

 

bottom of page