top of page

Brian Cox da série 'Succession' fala sobre 'cultura do cancelamento': “É fascismo total”



Brian Cox ator da série Succession da HBO, deixou bem claro seu ponto de vista em relação a 'cultura do cancelamento', descrevendo-a como um “tipo de macarthismo moderno”.


Cox é conhecido por interpretar Logan Roy no seriado da HBO. O ator fez uma visita ao programa da TalkTV Piers Morgan Uncensored para um bate-papo e quando o assunto finalmente chegou no tema 'cultura do cancelamento', ele abriu o verbo sobre o que pensa a respeito.



“É uma espécie de macarthismo moderno, na verdade”, disse Cox. “É uma espécie de ataque à sensibilidade das pessoas para reduzi-las e torná-las... sei lá, há tanta hipocrisia envolvida na coisa toda.


“Acho tudo completamente hipócrita. Eu não sou religioso, mas há uma coisa na bíblia que diz: 'Que ele ou ela sem pecado atire a primeira pedra' e parece haver muito lançamento de pedras. E é como um vírus.”


Depois que Morgan fez referência a comentários de Elon Musk, que o descreveu como um “vírus acordado”, Cox acrescentou: “É fascismo total. Você está absolutamente certo… é hipocrisia novamente. A noção hipócrita de 'estou sendo liberal', mas, na verdade, você está sendo fascista e as pessoas deveriam parar com isso e se comportar”.


A terceira temporada de Succession foi concluída em dezembro do ano passado, com uma quarta temporada prevista para ser lançada em 2023.




38 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page