top of page

Anatomia de Uma Queda: marca histórica no Oscar e reconhecimento global

Anatomia de uma Queda será lançado nos cinemas do Brasil em 25 de janeiro.

Filme Anatomia de Uma Queda
Imagem: Reprodução


A 94ª edição do Oscar testemunha um feito histórico com Anatomia de Uma Queda, um filme não falado em inglês, concorrendo nas prestigiosas categorias de Melhor Filme e Melhor Roteiro Original. Este marco representa o sexto ano consecutivo em que um filme internacional alcança tal distinção, uma sequência iniciada em 2019 com Roma, de Alfonso Cuarón.


Anatomia de Uma Queda segue os passos de Parasita de Bong Joon-ho, que em 2020 não apenas foi indicado, mas também saiu vitorioso nessas categorias. Esta tendência continuou nos anos seguintes com Minari de Lee Isaac Chung, Drive My Car de Ryusuke Hamaguchi, e Nada de Novo no Front de Edward Berger, destacando-se entre 2021 e 2023.

O filme, dirigido por Justine Triet, que também co-escreveu o roteiro com Arthur Harari, é notável por ser um dos três indicados a Melhor Filme dirigidos por mulheres neste ano, e o único dirigido por uma mulher a ser reconhecido na categoria de direção.



Além do Oscar, Anatomia de Uma Queda já deixou sua marca em várias partes do mundo, recebendo aclamação em importantes festivais de cinema. O filme tem em seu currículo premiações do European Film Awards, além de reconhecimentos pelas associações de críticos de Nova York e Los Angeles. No Brasil, foi um dos destaques na cerimônia de abertura da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no Festival Varilux de Cinema Francês.


Anatomia de uma Queda será lançado nos cinemas do Brasil em 25 de janeiro.




29 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page