Review: Joss Stone apresenta 'Never Forget My Love' um disco que faz ponte com o Soul da Motown.

Atualizado: 14 de fev.


Nos anos 80 e 90 artistas como Seal, Simply Red e Sade trouxeram para a Inglaterra e o Reino Unido um frescor novo através do Soul e o R&B com músicas de letras bonitas e melodias envolventes. Isso seguiu muito bem também nos anos 2000 com artistas como a Joss Stone que desde sua impressionante e estreia com seu álbum o elogiado “The Soul Sessions” em 2003 vem fazendo um som autêntico e bonito para a cena musical britânica do Soul e R&B a ponto de ser elogiada por fãs, apreciadores e músicos consagrados pertencentes aos gêneros musicais como Smokey Robinson a ponto de abrir as portas para novos músicos como a bela cantora Adele. Agora em 2022, ela traz mais um trabalho muito bom ao apresentar 'Never Forget My Love' exibindo seu talento único e exuberante na música.


Vale ainda ressaltar que quando ela estourou em 2003 com 'The Soul Sessions', tinha apenas dezesseis anos e armada com uma voz poderosa e trovejante que lembra muito Aretha Franklin, e com suas canções embasados no Soul, conquistou público em todas as partes do mundo.


'Never Forget My Love' foi coescrito com seu produtor Dave Stewart, do Eurythmics. Juntos fizeram o excelente “LP1” lançado em 2011, após dois fatos marcantes na vida pessoal da cantora, ela havia acabado de ganhar sua filha Violet Melissa DaLuz. A cantora também enfrentou uma dura batalha contra a COVID-19. Acontecimentos que serviram de inspiração e motivação para seu mais novo trabalho. Canções que se misturam entre clássicos da Motown e sons elétricos que remetem ao Rock e Jazz com muita orquestrações.


O disco novo tem músicas muito boas como: a faixa título “Never Forget My Love” que é uma música de amor leve e suave, “You Couldn't Kill Me” que aborda fortemente a despedida de um relacionamento tóxico, “The Greatest Secret” uma canção que mistura Tango com Pop, “Breaking Each Other's Hearts” uma balada melodramática poderosa sobre desilusões e sentimentos, “Oh To Be Loved By You” entrega um Soul nostálgico que soa clássico. "When You're In Love" é uma das faixas que mais se abastece dos tons da Disco Music e You're My Girl que exalta bem o feminismo. Tema bem propício para nossos tempos áridos e confusos.


Acompanho a artista há muitos anos e posso garantir que esse disco faz jus a sua exuberante discografia, pois podemos ouvir uma intérprete que entrega de corpo e alma um registro musical muito bom que conquista pelo seu talento, sua qualidade, carisma e seu sentimentalismo que mostra bem o lado versátil de quem é a Joss Stone.

 

Ficha técnica:

Never Forget My Love

Artista: Joss Stone

Ano lançamento: 2022.

Gêneros Musicais: Soul, R&B, Jazz, Pop.

Para quem gosta de ouvir: Motown, Simply Red, Seal, Sade e Adele.

Ouça: "Never Forget My Love, You Couldn't Kill Me, Breaking Each Other's Hearts e Oh To Be Loved By You.

Nota: 9,0

 

Ouça no Spotify:
















 

Veja o clipe de "Never Forget My Love":


 

Sobre Alexandre Tiago



Um rapaz latino-americano que é um sonhador, que ama futebol, apaixonado pela arte, formado em Direito, é um defensor da democracia e coleciona desde CDs e livros, até as memórias que a vida oferece."



 



176 visualizações0 comentário