top of page

Quentin Tarantino revela o motivo pelo qual ele nunca fará um filme da Marvel; entenda

O diretor também falou sobre como alguns cineastas modernos mal podem esperar pela morte do gênero

CRÉDITO: Daniele Venturelli/WireImage)

 


 

O aclamado diretor Quentin Tarantino (Kill Bill) fez revelações surpreendentes em uma nova entrevista ao Los Angeles Time, o conceituado cineasta revelou porque nunca fará um filme da Marvel.



Durante a entrevista, Tarantino foi questionado por que ele nunca se aventurou no universo das produções das franquias de super-heróis, o diretor de Era Uma Vez em Hollywood, respondeu: “Você tem que ser um contratado para fazer essas coisas. Não sou contratado. Não estou procurando emprego”.

 


 

Ele ainda acrescentou: “A analogia funciona porque é um estrangulamento semelhante”.

Portanto, ele afirmou acreditar que o fim do gênero ainda está muito longe de chegar ao final. Fazendo menções ao declínio ao gênero musical que entrou em declínio na década de 1960,e como os diretores pioneiros de Hollywood se alegraram com isso, o mesmo acontece com os cineastas modernos de hoje, eles “mal podem esperar pelo dia em que possam dizer isso sobre filmes de super-heróis”.

Os Vingadores da Marvel (da esquerda para a direita) Capitão América (Chris Evans) e Tony Stark (Robert Downey Jr.). CRÉDITO: PictureLux / The Hollywood Archive / Alamy Stock Photo

“A escrita ainda não está bem definida, do jeito que estava em 1969, quando era, 'Oh, meu Deus, nós acabamos de colocar um monte de dinheiro em coisas que ninguém dá a mínima mais'”, explicou ele.

 


 

Outros diretores que se opuseram contra os filmes de super-heróis anteriormente estão nomes como Ridley Scott, Francis Ford Coppola e Martin Scorsese.


Essa não foi a primeira vez que Tarantino teceu críticas aos filmes do gênero, anteriormente ele chegou a dizer em 2020: “Até onde eu vejo, o produto comercial que é propriedade dos conglomerados, os projetos que todo mundo conhece e tem em seu DNA, seja Marvel Comics, Star Wars, Godzilla e James Bond, esses filmes nunca tiveram um ano melhor do que no ano passado [2019]. Teria sido o ano em que sua dominação mundial estaria completa. Mas meio que não era.”


50 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page