top of page

Morre Angelo Badalamenti, compositor de 'Twin Peaks' e 'Veludo Azul', aos 85 anos

Atualizado: 12 de dez. de 2022

Angelo foi um grande parceiro do diretor David Lynch

Crédito: Alberto E. Rodriguez/Getty Images


Morreu o formidável compositor Angelo Badalamenti, aos 85 anos. Um grande parceiro do diretor David Lynch, O músico ajudou a criar as atmosferas surreais e sobrenaturais em produções do diretor como Twin Peaks, Veludo Azul e Cidade dos Sonhos.


A morte do compositor foi confirmada por sua sobrinha Frances Badalamenti, que relatou ao The Hollywood Reporter, que ele morreu de causas naturais no domingo (11 de dezembro) cercado por familiares, em sua casa em Nova Jersey.



Angelo nasceu no Brooklyn, Nova York, em 1937, começou a ter aulas de piano ainda muito jovem e recebeu seu bacharelado e mestrado pela Manhattan School of Music. Seu trabalho inicial com trilhas sonoras começou com as músicas para Gordon's War, de 1973, e Law And Disorder, de 1974, portanto, sua grande oportunidade chegou quando ele compôs a música e supervisionou a trilha sonora do filme Veludo Azul, de David Lynch, de 1986.


O filme foi o primeiro de uma carreira de colaboração com Lynch em vários outros projetos, junto com a colaboradora frequente de Lynch, a cantora Julee Cruise. Badalamenti é talvez mais conhecido por trabalhar com Lynch em Twin Peaks (e no filme Twin Peaks: Fire Walk With Me), ajudando a definir e a estabelecer a sensação surreal e sobrenatural da aclamada série de mistério.



Enquanto trabalhava na trilha sonora da série, Lynch costumava descrever para Badalamenti os humores e sentimentos que queria criar. O tema característico da série, 'Love Theme From Twin Peaks', foi escrito em 20 minutos, com Lynch dizendo a Badalamenti: “Você acabou de escrever 75 por cento da partitura. É o clima de toda a peça. É Twin Peaks.”


Em 1991, o músico ganhou o prêmio Grammy de Melhor Performance Instrumental Pop pelo tema de Twin Peaks. Ele iria marcar o revival de Twin Peaks em 2017, apresentando novas composições e material da série original.


Outras colaborações com Lynch incluíram Coração Selvagem de 1990, A Estrada Perdida de 1997, Uma História Real de 1999 e Cidade dos Sonhos de 2001, Ele fez pequenas aparições na tela em alguns dos filmes de Lynch em que trabalhou, incluindo Veludo Azul e Cidade dos Sonhos.


Ele também colaborou com vários outros músicos, incluindo David Bowie, Marianne Faithfull, James 'Tim Booth, Orbital, The Cranberries, Pet Shop Boys e Anthrax.



31 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page