top of page

Luiz Schiavon, fundador e tecladista da banda RPM, morre aos 64 anos

A confirmação do falecimento foi feita pela família do músico por meio das redes sociais.

Luiz Schiavon relatava nas redes sociais o prazer de trabalhar com música. Foto: Reprodução/Instagram


O tecladista e membro fundador da banda RPM, Luiz Schiavon, faleceu durante a madrugada desta quinta-feira, aos 64 anos. Ele vinha enfrentando uma doença autoimune nos últimos quatro anos.


A confirmação do falecimento foi feita pela família do músico por meio das redes sociais. Conforme comunicado, o artista enfrentou complicações durante uma cirurgia relacionada à sua condição médica e não conseguiu se recuperar. Schiavon estava hospitalizado no Hospital São Luiz, localizado em Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo.



A família também informou que a cerimônia de despedida será restrita a pessoas íntimas. De acordo com as palavras dos familiares, "Luiz, em sua notável carreira como maestro, compositor, fundador e tecladista do RPM, era, acima de tudo, um filho dedicado, um sobrinho amoroso, um marido afetuoso, um pai exemplar e um amigo leal". Antes de retornar ao hospital neste ano, ele permaneceu hospitalizado por um período de 18 meses.



"Esperamos que lembrem-se dele com a maestria e a energia da sua música, um legado que ele nos deixou de presente e que continuará vivo em nossos corações. Despeçam-se, ouvindo seus acordes, fazendo homenagens nas redes sociais, revistas e jornais, ou simplesmente lembrando dele com carinho, o mesmo carinho que ele sempre teve com todos aqueles que conviveram com ele", complementa o comunicado.


20 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page