top of page

James Kottak, ex-baterista do Scorpions, morre aos 61 anos

Atualizado: 9 de jan.

A causa da morte do baterista não foi divulgada.

James Kottak
Imagem: Reprodução.


James Kottak, ex-baterista do Scorpions, morreu aos 61 anos nesta terça-feira (09), conforme anunciado pelo site TMZ.


Kottak ingressou no Scorpions em 1996, atuando como baterista até 2016 e tornando-se o membro com maior tempo de serviço na banda. Durante esse período, ele contribuiu para os álbuns de estúdio "Eye II Eye", "Unbreakable", "Humanity: Hour I", "Sting in the Tail" e "Return to Forever". No entanto, devido ao seu alcoolismo, foi eventualmente demitido e substituído por Mikkey Dee, ex-Motorhead.



Antes de sua passagem pelo Scorpions, Kottak fez parte de bandas como Buster Brown, Montrose, McAuley Schenker Group, Dio e Warrant. Além disso, integrou o Kingdom Come entre 1987 e 1989, contribuindo para os dois primeiros álbuns da banda, intitulados 'Kingdom Come' e 'In Your Face'. Surpreendentemente, ele fez um retorno à banda cerca de três décadas depois, retomando suas atividades em 2018.


Kottak enfrentou uma batalha contra o alcoolismo por um longo período, o que resultou em sua detenção em 2014 em Dubai e, posteriormente, em sua demissão do Scorpions. Até o momento, a causa do falecimento do baterista não foi divulgada.



146 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page