top of page

Em Patina, Tallies volta a fazer um Dream-Pop interessante e inspirado por grandes nomes do passado

Melodias doces e melódicas. Guitarras pontiagudas e marcantes. Características do bom Dream-Pop. Conheça o som do Tallies

Foto: Bella Union

Tallies é um grupo de Toronto formado em 2017. Pegando muita coisa emprestada dos 80’s/90’s, o Dream-Pop dos canadenses tem muitas referências a Cocteau Twins, The Smiths e The Sundays, bandas essas que despertaram a atenção do guitarrista Dylan Frankland desde sua infância e, inclusive, influenciaram na sua forma de tocar guitarra. Outro destaque da banda fica por conta dos vocais de Sarah Cogan que marcam bastante essa sonoridade e nos fazem lembrar outros grupos, a exemplo de Lush.


O début homônimo do grupo surgiu em 2019, porém o grupo despertou logo a atenção da gravadora Bella Union. Dessa forma, o segundo disco, “Patina”, chega pela gravadora fundada por Simon Raymonde e Robin Guthrie do Cocteau Twins. A produção ficou por conta do próprio Frankland e de Graham Walsh (que também é integrante da banda Holy Fuck).


Esse é um trabalho que destaca não somente os vocais etéreos de Cogan, como também as guitarras. O instrumento pode chegar dedilhado bem ao estilo The Smiths de ser (‘Catapult’ e ‘Hearts Underground’) ou então, surge encharcado de noise e distorção (‘Wound Up Tight’ e ‘Special’).

Claro que as inspirações são notadamente visíveis, caso de ‘No Dreams Of Fayres' que descarrega sua melodia centrada nas composições do Cocteau Twins. A melodia de ‘Am I The Man’ com uma facilidade Pop-Rock instantânea ideal para escutar num passeio durante um dia ensolarado remete a The Sundays.


‘When Your Life is Not Over’ assume outra característica da banda: canção com início tímido para depois ganhar contorno pesado, com os instrumentos num ritmo crescente. Apesar de criar sua sonoridade em ícones musicais apreciados no passado, Tallies lança um álbum com qualidades e que consegue reunir melodia, peso e leveza tudo num lugar único.

 

Patina

Tallies


Lançamento: 29 de julho de 2022

Gênero: Dream-Pop, Indie Pop, Rock Alternativo

Ouça: "Catapult", "Heavens Touch" e "Memento"

Humor: Cintilante, Doce, Melancólico



 

NOTA DO CRÍTICO: 7,5

 

Spotify:


 

Veja o vídeo oficial de ‘Memento’:


 


37 visualizações0 comentário
bottom of page