top of page

Daniel Craig revela o seu desejo de matar Bond desde 'Cassino Royale'

“Eu sempre imaginei que faria um único filme de Bond, então estaria acabado”

Daniel Craig. CRÉDITO: Jared C. Tilton/Getty Images


Daniel Craig entregou o seu desejo de matar James Bond desde o filme Casino Royale. O ator, que recentemente se aposentou do papel após 007-Sem Tempo para Morrer, confessou que ele vinha arquitetando e planejando a morte do personagem há quase duas décadas.


Eu estava saindo da estreia de Casino Royale em Berlim com [a produtora de Bond] Barbara Broccoli”, disse Craig ao The Times.



“Eu realmente pensei que faria um filme de Bond, então estaria acabado. Mas então sabíamos que tínhamos um sucesso em nossas mãos. Percebi a enormidade disso, então disse a Barbara: 'Quantos mais? Três? Quatro? Ela disse: 'Quatro!' Eu disse ok. Então posso matá-lo? Ela disse sim.'"

Craig afirmou: “Se matarmos Bond, podemos começar de novo. Acho que Bárbara também pensou isso. Mas, Deus os abençoe, o estúdio, MGM, estava tipo, 'Do que você está falando? Você está louco? Houve relutância. Então tivemos que fazer isso em segredo, na verdade.”


No filme, Bond morre após explodir uma ilha, ao perceber que ele havia sido infectado por nanobots que matariam as pessoas que ele ama.



“A verdadeira tragédia é quando você não tem absolutamente nenhuma escolha”, disse Craig. “Tivemos que encontrar uma maneira de fazer com que sua morte não fosse uma escolha. Foi o mais feliz que Bond já sentiu porque encontrou exatamente o que procurava. Como todos na Terra, ele estava apenas procurando por amor.”

15 visualizações0 comentário
bottom of page