Conheça "Freedom!", o novo single do Urge Overkill



A banda Urge Overkill está de single novo! Após uma década sem novidades, a dupla Nash Kato e King Roeser anunciou que o álbum chamado Oui (palavra francesa que significa “sim”), sairá em 28 de janeiro, pela Omnivore Recordings e o single que já circula nas plataformas musicais chama-se "Freedom!".


A música é um cover do segundo grande sucesso do Whan!, dupla pop formada por George Michael e Andrew Ridgeley nos anos 80. E sim, a surpresa foi de todos: Foi minha, quando reconheci a música apenas quando cheguei no refrão, pois o UO fez um arranjo incrivelmente bom, quanto também foi no passado uma grata surpresa para a própria banda ter descoberto o hit, que tocava em uma rádio no carro do motorista de Nash e King, durante uma turnê que eles faziam pela Europa.


De acordo com Nash, 'Freedom!' “Parecia vagamente familiar, mas instantaneamente cativante. Depois de voltar para casa, finalmente a encontramos online (a palavra 'freedom' era nossa única pista), e ficamos espantados ao descobrir que ela foi realmente escrita por George Michael. Fizemos um esboço e, de alguma forma, a arquivamos. Ao receber a terrível notícia de sua partida prematura em 2016, nos sentimos compelidos a incluir essa faixa no álbum. Nós, como UO, estamos orgulhosos de representar uma verdadeira lenda da música com esta oferta inaugural, de um disco que dedicamos a outra lenda do rock, Bobby Vee (que também faleceu naquele ano), em cujo estúdio gravamos 'Freedom'. "


E certamente, você leitor também ficará surpreso ao ouvir o single, enquanto faz um Pre- Save e aguarda o álbum completo do Urge Overkill. A única dúvida que paira é: Será que o novo cover dará sorte? Afinal, até hoje o Big Hit da banda é “Girl, You Be A Woman Soon”, um cover de Neil Diamond lançado em 1992 e que foi escolhido pelo diretor Quentin Tarantino para fazer parte da Soundtrack de Pulp Fiction. Antes e depois desse fato, a banda até flertou com o sucesso, porém sem muito resultado. O que pode ser considerado uma injustiça, pois tanto na fase inicial, alternativa na cena Indie de Chicago, quanto na fase de músicas mais melodiosas e pop com a cara dos anos 90, a banda sempre mandou muito bem.













































28 visualizações0 comentário