top of page

Billie Eilish se manifesta sobre Roe v. Wade durante Glastonbury; confira

Atualizado: 24 de jun. de 2022

"Hoje é um dia realmente muito sombrio para as mulheres nos EUA"

Billie Eilish. CRÉDITO: Samir Hussein/Getty Images

Muitos artistas já se manifestaram sobre a queda de Roe v. Wade, agora foi a vez da engajada Billie Eilish, falar sobre a decisão da Suprema Corte, no seu show do Glastonbury 2022 hoje (24).


Billie Eilish fez história hoje como a mais jovem artista a se juntar ao lado de nomes como Paul McCartney e Kendrick Lamar no topo da lista. Elish abriu seu emblemático show com a faixa 'Bury A Friend', e logo depois decorreu sobre suas canções 'NDA', 'Oxytocin' e 'You Should See Me in a Crown'. Antes de iniciar a seminal 'My Stranger Addiction', ela disse ao público: "Vocês estão prontos para se divertirem?"


Ao lado da presença do seu irmão Finneas, a dupla tocou 'Your Power' juntos no palco com violões.


“É sobre o conceito de poder e como sempre precisamos nos lembrar de não abusar dele”, disse Eilish. “Hoje é um dia realmente muito sombrio para as mulheres nos EUA. E eu só vou dizer isso porque não suporto mais pensar nisso neste momento.”


A anulação do caso histórico significa que o aborto não será mais defendido como um direito federal nos EUA pela primeira vez desde 1973, e cada estado poderá decidir individualmente se restringirá ou proibirá o aborto.


 

24 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page