top of page

"Autógrafos" de Bob Dylan em livros vendidos por 3 mil reais, eram falsos

As edições enviadas seguiram com a seguinte mensagem: “Peça uma cópia exclusiva com garantia de assinatura pessoal de Bob Dylan”.

Crédito: Michael Kovac/WireImage

 


 

Autógrafo de Bob Dylan nas cópias do novo livro 'A Filosofia da Canção Moderna', que foram vendidos por 3 mil reais, eram falsos. A gigante editora Simon & Schuster admitiu que as cópias supostamente “assinadas à mão” do novo livro do artista, foram de fato feitas por uma máquina que reproduz automaticamente a assinatura de uma pessoa.


A edição luxuosa foi anunciada por US$599, cerca de R$3,2 mil, com a mensagem: “Peça uma cópia exclusiva com garantia de assinatura pessoal de Bob Dylan”.

 


 

Portanto, desde que as pessoas que adquiriram os livros começaram a receber suas cópias na semana passada, identificaram o que acreditam ser 17 variações do autógrafo de Dylan, recriadas usando o modo autopen (maquina mencionada acima). Através de suas redes socais, a Simon & Schuster pediu desculpas e afirmou que irá reembolsar todos os clientes enganados.


Para aqueles que compraram a edição limitada de A Filosofia da Canção Moderna, queremos nos desculpar. Acontece que os livros de edição limitada contêm a assinatura original de Bob, mas em uma réplica escrita. Estamos resolvendo isso imediatamente, fornecendo a cada comprador um reembolso imediato”.


Antes do reconhecimento da falsa assinatura, Jonathan Karp, presidente-CEO da editora, havia escrito cartas dizendo: “Você tem em suas mãos algo muito especial, uma das apenas 900 cópias disponíveis nos EUA”. O livro que você tem em mãos foi assinado à mão por Bob Dylan.

 


 

'A Filosofia da Canção Moderna', o primeiro livro original de Dylan desde 'Chronicles: Volume Um' em 2004, foi lançado em 1º de novembro. Ele apresenta mais de 60 ensaios escritos pelo ícone da cultura pop, abrangendo canções de artistas como Elvis Costello, Nina Simone e Hank Williams.

21 visualizações0 comentário
bottom of page