top of page

Queens Of The Stone Age escancara as dores da alma e o luto no poderoso 'In Times New Roman...'

Uma combinação de resgate e uma busca sutil por novas possibilidades na trajetória da banda.

Crédito: Andreas Neumann


Quem nunca passou por momentos turbulentos e difíceis em algum estágio da vida? Em muitos casos, essas circunstâncias traçam nosso destino em certos instantes e sempre trazem algumas lições e aprendizado. A coisa não é muito diferente para o Queens Of The Stone Age; a banda se viu em maus lençóis nos últimos anos, com o vocalista Josh Homme atravessando uma série de complicações em sua vida pessoal. A vida não tem sido fácil para o membro fundador da banda que popularizou o stoner rock. Homme está em uma árdua batalha de custódia com a ex-esposa Brody Dalle; encarou uma cirurgia após um diagnóstico de câncer; e sofreu inúmeras perdas de amigos queridos, incluindo Mark Lanegan, o chef e locutor de viagens Anthony Bourdain e seu melhor amigo, o ator Rio Hackford.


São situações que permeiam de maneira crua e ácida no novo disco do QOTSA, 'In Time New Roman...', trabalho que revisita as origens da banda, resgatando o bom e velho som stoner rock apresentado no ótimo 'Era Vulgaris' de 2007 e elimina por completo as nuances dance-rock bem evidentes em 'Villains' de 2017. Em entrevistas, Homme afirmou o seguinte: 'Vamos fazer algo que soe tão brutal quanto estar vivo nos dias de hoje'.



Se todas essas adversidades que pairaram feito uma nuvem cinzenta carregada de tempestade colocaram em xeque-mate a sobrevivência do QOTSA, a banda aprendeu muito bem aproveitar o tempo na lama para emergir com um álbum que lapidou perfeitamente os momentos de dores e angústias. ' In Time New Roman...' é pesado, cru e soa grosseiro, uma paulada atrás da outra. "Emotion Sickness'', que foi lançada como o single principal, é uma faixa suja e monstruosa no sentido Frankenstein da coisa; a melodia e a letra atormentada foram costuradas, deixando espaços para toda a sujeira vazar pelas suturas. Camadas e elementos que resgataram o poder primitivo do Blues-Rock dos primeiros discos do grupo. "Time & Place" apresenta sintetizadores pontiagudos atingindo a temperatura de superaquecimento. A voz de Homme funciona como um canal para expulsar toda a sua dor, uma espécie de tratamento bem mais terapêutico e eficaz do que todas as drogas que ele mencionou em "Feel Good Hit Of The Summer". Com tudo isso, o oitavo disco da banda é preciso em seus riffs de guitarra, ao mesmo tempo que é adequadamente sombrio. "Paper Machete" está coberta por amargura e rancor, uma faixa de ótimas guitarras e com um ritmo nervoso e saboroso. 'A verdade é que, cara a cara, você é um covarde', canta Homme em versos que mais parecem um desabafo na escuridão.



"Made To Parade" emula ótimas referências ao disco de Iggy Pop, 'Post Pop Depression', que Homme ajudou a produzir e colaborou . A faixa carrega a mesma potência sonora do disco enquanto aborda as incertezas do mundo pandêmico: 'Não percebi o peso das correntes até que elas foram cortadas de mim/Como eu os arrastei por tanto tempo?', lamenta Josh. O grande ponto do novo trabalho do QOTSA é que ele é direto ao ponto, não fica de rodeios, um álbum que traz de volta o som característico da banda.


"Straight Jacket Fitting", com sua duração superior a nove minutos, encerra o álbum com uma abordagem que afirma a intensidade e a meticulosidade adotada pelo grupo em 'In Times New Roman...', ao mesmo tempo em que encontra inspiração motivada pelo passado da banda. É inevitável não fazer um paralelo entre essa música e "I Think I Lost My Headache", uma faixa igualmente longa que encerra o álbum 'Rated R' (2000).




Em 'In Times New Roman...', o Queens of the Stone Age evoca a angústia inescapável de ver seu mundo desmoronar e, em seus momentos mais poderosos, transmitem tanto a devastação quanto a lenta jornada de retorno do "inferno". Uma combinação de resgate e uma busca sutil por novas possibilidades, como uma arquitetura conceitual de tudo o que a banda tem explorado ao longo de toda sua trajetória na música.

 

In Time New Roman...

Queens Of The Stone Age


Lançamento: 16 de junho de 2023

Gênero: Rock

Ouça: "Emotion Sickness", "Paper Machete"

Humor: Peculiar, Sombrio, Agressivo


 

NOTA DO CRÍTICO: 8,0

 

Ouça "Emotion Sickness":


238 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page