top of page

Morre o diretor de cinema, Jean-Luc Godard, aos 91 anos

Atualizado: 19 de set. de 2022

Godard revolucionou o cinema francês na década de 1960

Foto por The Image Gate/Getty Images)

Jean-Luc Godard, renomado cineasta e padrinho do cinema francês morreu aos 91 anos.


O jornal Liberation emitiu uma nota informando que pessoas próximas ao diretor franco-suíço confirmaram que ele morreu hoje (13 de setembro).


O cineasta ficou conhecido por filmes como Breathless (1960) e Desprezo (1963), que ultrapassaram os limites cinematográficos. As obras de Godard apresentavam trabalho de câmera portátil, cortes de salto e diálogo existencial que revolucionaram o cinema e o cinema francês na década de 1960.


Como escreveu a Reuters, o cineasta de Pulp Fiction e Cães de Aluguel, Quentin Tarantino, é constantemente citado como um de uma geração mais recente de diretores pioneiros que foram iniciados por Godard e seus contemporâneos baseados em Paris.


Godard nasceu em uma família franco-suíça em 3 de dezembro de 1930 no luxuoso Sétimo Arrondissement de Paris. Seu pai era médico, sua mãe era filha de um suíço que fundou o Banque Paribas, então um ilustre banco de investimentos.


Edgar Wright (Hot Fuzz, Baby Driver) prestou homenagem ao falecido cineasta, dizendo que ele era “um dos cineastas mais influentes e iconoclastas de todos”.


“Foi irônico que ele próprio reverenciasse o sistema de filmagem dos estúdios de Hollywood, já que nenhum outro diretor tenha inspirado tantas pessoas a simplesmente pegar uma câmera e começar a filmar.”


 

25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page