Kanye West foi temporariamente banido do Instagram por violar as políticas da plataforma


Kanye West foi temporariamente banido e impedido de acessar o Instagram, com a plataforma alegando que as postagens recentes do rapper violaram as políticas de discurso de ódio, bullying e assédio.


Segundo o site TMZ, a suspensão ocorreu logo após West postar uma imagem da página de pesquisa do Google para Trevor Noah – que comentou sobre o tratamento de West à ex-esposa Kim Kardashian no episódio de terça-feira (15 de março) do The Daily Show– com uma legenda contendo insultos raciais.


De acordo com os termos de sua suspensão, West atualmente não pode postar, comentar, enviar mensagens ou interagir com seu perfil do Instagram por 24 horas, embora o porta-voz da Meta tenha notado que “medidas adicionais” serão tomadas se West fizer quaisquer outras violações.


Respondendo ao post ofensivo (por The Wrap), Noah comentou: “Claramente algumas pessoas se formam, mas ainda somos estúpidos. Nunca se esqueça, o maior truque que os racistas já pregaram contra os negros foi nos ensinar a despir uns aos outros de nossa negritude sempre que discordamos. Nos enganando para nos dividirmos em lascas para que nunca nos uníssemos em uma vara poderosa.”

 

Álbum inédito de Prince 'Camille' será lançado pela Third Man Records

 

Quatro das oito postagens ainda ativas no Instagram de West são direcionadas ao atual parceiro de Kardashian, o apresentador do Saturday Night Live, Pete Davidson (a quem West se refere como "Skete"). Em um post, o rapper afirmou que está “realmente preocupado com o fato de SKETE deixar a mãe dos meus filhos viciada em drogas [sic]” porque “ele está na reabilitação a cada dois meses”.

West atraiu controvérsia por seus repetidos ataques a Davidson. Depois de lançar um vídeo animado para seu single "Eazy", que mostra o rapper sequestrando e aparentemente assassinando Davidson, vários colegas do ator e comediante se manifestaram contra West.


James Gunn – que trabalhou com Davidson em Esquadrão Suicida – apoiou o comediante no Twiter, escrevendo que ele é “um dos caras mais legais e doces” que o cineasta conhece e que “trata todos ao seu redor com respeito”. Kaley Cuoco – que contracena com Davidson no próximo Meet Cute – também prestou seu apoio ao comediante.

 

Acompanhe a gente também nas redes sociais, Teoria Cultural para mais informações sobre o mundo da cultura pop.

 


15 visualizações0 comentário