top of page

Jonathan Majors é considerado culpado por agressão e assédio contra namorada

O artista foi responsabilizado por duas das quatro acusações relacionadas a um incidente envolvendo sua ex-namorada.

Jonathan Majors
Imagem: Reprodução


O ator Jonathan Majors, conhecido por interpretar Kang, o Conquistador nos filmes da Marvel, foi considerado culpado nesta segunda-feira (18) por agressão e assédio. O veredicto foi proferido por um júri de seis pessoas em Nova York, nos Estados Unidos.


O artista foi responsabilizado por duas das quatro acusações relacionadas a um incidente envolvendo sua ex-namorada, a dançarina americana Grace Jabbari. A sentença está programada para ser anunciada somente no próximo mês de fevereiro.



O incidente que resultou no caso envolveu, de acordo com os procuradores, uma tentativa de Jonathan Majors de recuperar seu celular utilizando chaves de braço e golpes na cabeça da vítima, antes de forçá-la a entrar à força em um carro. A defesa buscou retratar Jabbari como uma ex-namorada vingativa, sugerindo que ela teria inventado as acusações para prejudicar a carreira do astro.


Entretanto, depoimentos do motorista do veículo, do médico que tratou a vítima e mensagens de texto trocadas pelo casal não apenas contradisseram a versão da defesa, mas também apresentaram uma imagem negativa do ator. Durante seu depoimento, Jabbari relatou que Majors tinha acessos de raiva, tentava controlar seu comportamento, arremessava objetos de vidro em sua direção e fazia ameaças de suicídio após esses episódios.


Em mensagens trocadas em setembro de 2022, o ator suplicou à dançarina para não procurar atendimento médico no hospital para tratar um ferimento na cabeça causado por ele. Jonathan Majors alegou que isso resultaria em uma investigação prejudicial para sua carreira.



A prisão do ator


Reconhecido também por sua atuação como Diamond Dame no filme "Creed III", Jonathan Majors foi detido em 25 de março. Conforme relatado pelas autoridades, um chamado telefônico indicava a participação de um homem de 33 anos em um incidente de violência doméstica com uma mulher de 30 anos. A vítima foi encontrada com ferimentos leves na cabeça e no pescoço, sendo posteriormente conduzida ao hospital. Após o pagamento de fiança, o artista foi liberado.


A Marvel


Desde o início, a Marvel optou por manter-se distante do caso, evitando fazer declarações públicas sobre a continuidade de Jonathan Majors na franquia. Paralelamente, uma matéria da Variety em novembro revelou que o estúdio está explorando alternativas, levando em consideração a relevância do personagem interpretado pelo ator no Universo Cinematográfico Marvel.


Apesar disso, Jonathan foi mantido na segunda temporada de "Loki", disponível no Disney+, desempenhando os papéis de Aquele Que Permanece e Victor Timely. Ambos os personagens são variantes de Kang, o Conquistador, que também estavam em "Homem Formiga e a Vespa: Quantumania".


4 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page