top of page

'Jesus Ñ Voltará, de Mateus Fazeno Rock, une Funk, Reggae e Grunge em um disco potente e poético

Predestinado a ser um dos álbuns do ano da música brasileira.

Imagem Reprodução.

A história de Mateus Fazeno Rock com a música começou ainda quando criança, observando seu vizinho ouvindo Nirvana e Silverchair. Esses fragmentos de memórias de infância ajudou a consolidar seus anseios e vontades de seguir pela música inspirado pelo Reggae, Rap, Funk, Rock e Punk. Com a chegada dos anos 2000, a internet dominou as periferias do Brasil através de lan houses, detalhe que contribuiu para o músico adquirir conhecimento e fazer pesquisas sobre música.


Mateus já tinha algum conhecimento em violão, graças a sua participação em um projeto da ONG Revarte, que buscava resgatar valores pelo meio da arte, na Sapiranga, seu bairro de origem na periferia de Fortaleza. Junto com dois amigos, um dos quais não tinha nenhuma habilidade musical e outro que sempre se autoproclamava como baterista, eles decidiram formar uma banda. No entanto, como era de se esperar, a ideia não vingou e os encontros entre os três eram mais repletos de devaneios imaginativos sobre como seria a banda do que realmente práticos.


Hoje com 26 anos, o músico mora em Fortaleza, e já soma no ótimo currículo sonoro dois álbuns. 'Rolê Nas Ruínas' chegou em 2020 trazendo uma potência sonora urgente e necessária. A coisa não muda muito com o novo e vigoroso 'Jesus Ñ Voltará' lançado em 28 de abril, uma obra que disseca a vida nas periferias com versos poéticos, pungentes que falam sobre o começo e fim da vida em lugares onde a dor, angústia, vida, afeto e morte andam lado a lado.


Assim como no trabalho anterior, o novo disco segue a atmosfera inventiva e inovadora da mente inquieta de Mateus que mistura sagazmente Nirvana com Djavan fazendo um "Rock de Favela" inspirado pelas ruas de Fortaleza. 'Jesus Ñ Voltará foi produzindo em parceria com glhrmee, Agê e Caiô e já abre com a faixa-título ("Jesus Ñ Voltara") que rasga desde seus instantes iniciais a contextualização dos nossos dias atuais com versos fortes e fugazes que permeiam através de uma sonoridade que vai do Rap, Funk ao Rock misturando cantos e rimas, efeitos e timbres que abrem as portas para o ouvinte mergulhar no conjunto da obra em si. A faixa contou com a colaboração de Jup do Bairro.


Além da sonoridade muito bem consolidada, o álbum mostra sua força nas letras que destilam histórias reais da vida de inúmeros brasileiros que lutam batalhas diariamente para garantir sua sobrevivência e dos seus.

Um disco reflexivo de paisagens cinematográficas que volta seu olhar para os esquecidos da sociedade, os marginalizados e memórias de infância, são detalhes que surgem e somem nas canções, exemplo a bonita e fascinante "Nome de Anjo" e "Melô de Aparecida", duas faixas que levam o ouvinte por uma viagem onírica reflexiva. Vai te fazer pensar muito na vida.


O novo trabalho do músico pode até ser pautado por uma carga densa e emocional, entretanto, assim como o disco anterior, 'Jesus Ñ Voltará' deixa nas entrelinhas aquele abraço acolhedor e a leveza de melodias que proporcionam um certo alívio que emana da poesia de Mateus e cria um contraste notável entre os temas do álbum. É como se a música do artista ganhasse uma nova dimensão criativa. "Da Noite", faixa que encerra o trabalho, pode muito bem ser uma prova dessa virtude que Mateus carrega em seu peito de dar voz aos invisíveis. A canção ainda ganha lindas camadas com a participação de Mumutante, Bianca Ellen e Jocastta Brito. O álbum ainda entrega perolas sensacionais como a cativante "Pode Ser Easy", que emula uma sonoridade convidativa para o ouvinte adentrar no campo imaginativo de Mateus Fazeno Rock.


'Jesus Ñ Voltará' aborda o caos e a calmaria dos momentos que fazem parte da nossa vida, sejam eles na rua em meio ao trânsito caótico das grandes cidades, ou no aconchego do seu lar ao lado daqueles que realmente importam. Um álbum que trafega poderosamente pelos caminhos do Funk, Reggae, Rock, Funk e até mesmo o R&B. São músicas que ganham diversas paisagens e ambientações que acabam potencializando a poesia incompreendida desse jovem músico cearense que chega contestando a realidade trivial da vida.

 

Jesus Ñ Voltará

Mateus Fazeno Rock


Lançamento: 28 de abril de 2023

Gênero: Rock, Reggae, Funk, R&B

Ouça: "Pode Ser Easy", "Nome de Anjo", "Jesus Ñ Voltará

Humor: Provocativo, Reflexivo, Urgente


 

NOTA DO CRÍTICO: 8,5

 

Ouça "Jesus Ñ Voltará":



112 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page