top of page

Jeff Beck, uma lenda da guitarra que criou e revolucionou o mundo da música com seu estilo próprio

O mundo se despede de um dos grandes talentos inventivos da guitarra.

Imagem Reprodução.


É quase inacreditável dizer que um dos maiores e lendários guitarristas da história do rock and roll nos deixou, Jeff Beck, era dono de um talento impar, um dos guitarristas mais incríveis e talentosos da música. Jeff morreu na terça-feira (10), em um hospital próximo de sua casa em Surrey, Inglaterra. Ele tinha 78 anos. A causa foi meningite bacteriana, disse Melissa Dragich, sua assessora.


Nos anos 60 e 70, com os Yardbirds ou nas suas próprias bandas, Beck trouxe inovação para sua forma de tocar, com isso chamou atenção pelo seu método distinto, onde colocava sua alma e muito feeling. Beck nunca se importou com o famoso exibicionismo, tinha sua guitarra como uma amante verdadeira.



Em 1965, Jeff Beck se tornou membro dos Yardbirds, substituindo outro grande guitarrista, Eric Clapton. A banda era uma das principais referências do movimento de blues elétrico que surgia na Grã-Bretanha. No entanto, os seus riffs agudos e rápidos em canções como “Shapes of Things” e “Over Under Sideways Down” acrescentaram camadas e elementos que ajudaram a caracterizar e reinventar o movimento, acontecendo assim, a tão efervescente revolução do rock psicodélico.


Algum tempo depois, Jeff fundou a sua própria banda - conhecida como Jeff Beck Group - junto com um vocalista pouco popular, Rod Stewart, e o também desconhecido Ron Wood no baixo. O grupo se tornou uma forte inspiração e acabou criando um padrão para o heavy metal. A estreia da banda em 1968, com o álbum “Truth”, semeou em Jimmy Page a vontade e a base para criar o famoso e virtuoso Led Zeppelin.



Portanto, foi em meados de 1974, quando Beck iniciou sua carreira com o aclamado e preciso álbum "Blow by Blow", nascia naquele instante a fórmula para a fusão de elementos daquela época, dando mais importância às suas influências do jazz, do rock e do funk, o que resultou em um som surpreendentemente original e inovador. "Blow by Blow" chegou ao quinto lugar da Billboard, vendeu mais de um milhão de cópias e se tornou o seu trabalho mais popular.


Ao longo de sua carreira, ele ajudou a criar e a aperfeiçoar algumas inovações técnicas que foram de suma importância para os acordes de guitarras. Ele foi o responsável pelo uso de efeitos de distorção e feedback, que já haviam sido explorados por Pete Townshend. O mundo da música perde um verdadeiro 'monstro' da guitarra.



133 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page