top of page

Globo de Ouro enfrenta problemas para conseguir nova emissora; revela site

Todas as emissoras mencionaram que o preço demandado pela Dick Clark Productions estava fora de seus parâmetros.

Troféu do Globo de Ouro Foto: Reprodução


O Globo de Ouro enfrenta novos desafios. De acordo com o PUCK, a cerimônia ainda não fechou um contrato para a transmissão da próxima edição do prêmio, mesmo mantendo a data originalmente anunciada para 7 de janeiro de 2024.


De acordo com o site, a empresa responsável pela organização do Globo de Ouro, agora sob administração da Dick Clark Productions, rejeitou uma oferta que estava abaixo do valor da parceria de longa data com a NBC em março deste ano. Alegadamente, o canal havia produzido o evento por uma quantia significativamente menor do que a taxa de licenciamento habitual, que costumava ser de US$ 60 milhões.



Conforme informações, diversas emissoras, incluindo CBS, Fox, Netflix, Amazon, ABC/Disney+/Hulu, Apple TV+, bem como as redes Turner (TNT e TBS) e o canal Roku, declinaram a oportunidade de transmitir a premiação.


Todas as emissoras mencionaram que o preço demandado pela Dick Clark Productions estava fora de seus parâmetros.


Saiba mais sobre a polêmica


A "suspensão" do Globo de Ouro ocorreu em 2021, como reação a uma matéria do Los Angeles Times que expôs questionáveis condutas da Associação e revelou a ausência de membros negros entre seus 87 integrantes.



O artigo do periódico também levantou a acusação de que a Associação aceitou presentes em troca de indicações ao Globo de Ouro. Como exemplo, a matéria revelou que a Netflix presenteou diversos membros com viagens de luxo a Paris, antes da série Emily In Paris ser indicada duas vezes no prêmio deste ano. A produção do serviço de streaming foi criticada pela imprensa especializada, e suas nomeações foram alvo de questionamentos por parte de uma das roteiristas da própria série.

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page