Bruce Springsteen está em negociações com a Sony Music para vender seu catálogo de composições



Tudo indica que Bruce Springsteen vem negociando à venda do seu catálogo musical com a gigante Sony Music. De acordo com a Billboard, o negócio entre The Boss e a empresa de música global dos Estados Unidos está praticamente consolidado. Além de seu acervo musical, Boss quer vender também seu catálogo editorial .


Nessa negociação estima-se que Bruce venda suas músicas por mais de US $ 350 milhões (£ 256,5 milhões), tanto para a publicação quanto para os originais gravados.


Springsteen lançou 20 álbuns de estúdio entre 1973 e 2020, com a Billboard estimando que ele faturou US $ 15 milhões (£ 11 milhões) no ano passado. Além disso, ele traz $ 7,5 milhões (£ 5,5 milhões) por ano com a publicação.


A agência afirma que seu catálogo combinado de músicas e álbuns pode valer entre US $ 330 milhões (£ 242 milhões) e US $ 415 milhões (£ 304 milhões).


Bruce Springsteen ainda não comentou nada sobre os relatórios


Em relação a artistas mais antigos da música que vem faturando alto com negociações temos Bob Dylan que em dezembro do ano passado vendeu todo seu catálogo de composições para Universal Music por US $ 300 milhões (£ 225 milhões).


Enquanto isso, Bruce Springsteen fez uma performance solo de "The River" no The Late Show With Stephen Colbert na semana passada (25 de outubro).

 

Assista a apresentação acústica de "The River" aqui




11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo