top of page

Bono, do U2, fala sobre ausência de memórias de sua mãe após sua morte

"Eu tenho pouquíssimos detalhes sobre minha mãe e escrevi o livro [Surrender] para tentar puxar algumas dessas lembranças."

Bono, do U2, fala sobre ausência de memórias de sua mãe após sua morte
Imagem: Reprodução.


O líder do U2, Bono, abriu o coração sobre a ausência de memórias de sua mãe, Iris, após sua prematura morte quando ele tinha apenas 14 anos. Em uma entrevista ao podcast Kelly Corrigan Wonders, Bono compartilhou sua busca por lembranças perdidas e a falta de comunicação sobre sua mãe dentro de sua família.


"Eu tenho pouquíssimos detalhes sobre minha mãe e escrevi o livro [Surrender] para tentar puxar algumas dessas lembranças daquele rio que passa pela vida com tudo, com sua vida nele, e de repente passou por você", revelou Bono. Ele expressou o desejo de não deixar as memórias de sua mãe desaparecerem completamente: "E elas eram cada vez menos e menos."




Bono também compartilhou que nem mesmo seu irmão mais velho, Norman, tem recordações claras de sua mãe, devido à falta de falarem sobre ela após sua morte. "Meu pai simplesmente não falava sobre ela. Nós não falávamos sobre ela. Uma situação muito típica dos homens irlandeses", explicou o cantor.


Apesar da escassez de detalhes, Bono guarda lembranças afetuosas de sua mãe, incluindo seu senso de humor e habilidade em resolver problemas. No entanto, a falta de diálogo sobre Iris contribuiu para a lacuna em suas memórias.


No livro de memórias de Bono, intitulado "Surrender: 40 Songs, One Story" (2022), o cantor revelou detalhes sobre a morte de sua mãe, que ocorreu após ela colapsar no funeral de seu pai em 1974, devido a um aneurisma.



"Iris (Hold Me Close)", uma faixa do álbum "Songs of Innocence" (2014) do U2, serve como uma homenagem a Iris, mantendo viva a memória de sua mãe.






12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page