Robert Plant disse que a solução para resolver as desavenças entre Beatles e Stones é muito simples



Robert Plant deu seus pitacos em relação aos desentendimentos entre os Beatles e os Rolling Stones. O músico disse que sabe como resolver de uma vez essa rivalidade que vem de longa data.


Ao longo dos anos ambas as bandas se enfrentam em uma disputa repleta de atritos e provocações, isso se intensificou ainda mais no decorrer do mês passado, quando Paul McCartney classificou os Stones como “uma banda cover de Blues”.


Mick Jagger não deixou barato e não perdeu a oportunidade de dar uma alfinetada em Paul, durante um show recente em Los Angeles.

Há tantas celebridades aqui esta noite. Megan Fox está aqui, ela é adorável. Leonardo DiCaprio. Lady Gaga. Kirk Douglas. Paul McCartney está aqui, ele vai nos ajudar - se juntando a nós em um cover de blues mais tarde”, ele retrucou.

McCartney vem fazendo comentários semelhantes e provocativos sobre os Stones desde ano passado, bem antes de Jagger responder brincando que “obviamente não há competição” entre às duas bandas. Felizmente, uma banda ainda toca em estádios e a outra não existe”, disse ele.


O sábio Robert Plant, minimizou as intrigas entre as duas bandas.

Não acho que haja luta”, disse ele à Rolling Stone em uma nova entrevista.

“Eles se conhecem desde 1963. Eles se amam desesperadamente.”

Para resolver de uma vez por toda essa rivalidade ele disse, que Paul McCartney "deveria tocar baixo com os Stones”.


Plant ainda falou sobre o desgaste em relação ao processo envolvendo a canção “Stairway To Heaven” ele disse: “Isso é um tanto desagradável e infeliz”.


Michael Skidmore, um curador do espólio do guitarrista do Spirit Randy California, abriu um processo contra a banda britânica em 2014 por causa da faixa. Ele alega que o sucesso do led Zeppelin de 1971 violou os direitos autorais da música “Taurus” do Spirit, de 1968.

O Led Zeppelin no que lhe concerne ganhou às três últimas tentativas legais sobre o caso, com a mais recente em outubro de 2020.



33 visualizações0 comentário