top of page

'O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder': franquia de fantasia épica injeta novo gás no Prime Video

Atualizado: 19 de set. de 2022

A série prequela da Amazon inicia uma nova era destemida, repleta de bons efeitos especiais na Terra-média

Crédito: Prime Video

Aqui estamos mais uma vez de volta aos grandes contos épicos que deslumbram paisagens encantadoras em nossas telas de televisão. Com a estreia de O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder, fica a intrigante pergunta no ar, os grandes contos de histórias fascinantes nunca terminam? Inclusive essa é uma pergunta indagada pelo hobbit Samwise Gamgee durante um dos momentos mais serenos e tranquilos de O Senhor dos Anéis. Essa pode muito bem ser uma pergunta complexa e ampla, que cabe diversas interpretações e respostas, ele pode muito bem, estar se referindo a sua própria jornada pelo mundo épico criado pela brilhante mente de JRR Tolkien – mas também pode ser uma extensão referente a própria franquia de fantasia. Desde que Peter Jackson deu o pontapé inicial em 2001, Hollywood passou mais de 20 horas contando a história da Terra-média na tela (três filmes, depois uma trilogia Hobbit, além de DVDs de edição especial estendida) – e estamos prestes a receber muito mais desse universo.


Portanto, cá estamos diante de um grande lançamento em termos de investimentos, um novo universo e jornada, situados vários milhares de anos antes de Sam e Frodo iniciarem sua jornada repleta de aventuras para Mordor, a série prequel de TV O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder do Prime Video visa iniciar uma nova era no universo nerd. Entretanto, o cenário é altamente competitivo desta vez, novos programas relacionados voltados para adultos como Game Of Thrones e a nova sequência prequel A Casa do Dragão dominam o gênero – portanto com um orçamento de bilhões de dólares, os diretores Patrick McKay e John D. Payne esperam ávidos tomar de vez o "Trono de Ferro" ainda este ano.


O primeiro episódio começa com uma jovem Galadriel (Morfydd Clark) convencida de que o mal voltou às florestas do mundo, ela pretende continuar caçando-o, mesmo que seu chefe, o Grande Rei Gil-galad, ordene o contrário. Clark se sai muito bem como a jovem guerreira em busca de vingança nesses primeiros capítulos.

CRÉDITO: Amazon Studios

Mas uma coisa é certa à Terra-média do Prime Video não é inteiramente a mesma criada por Tolkien, e qualquer fã da franquia que buscar por semelhanças vai se irritar fácil, fácil. Por exemplo, a princesa anã de Sophia Nomvete, Disa, não tem barba, o que JRR escreveu explicitamente que todas as anãs possuem. Logo fica evidente que em muitos trechos da narrativa e contextualização McKay e Payne se desviaram dos escritos do autor e inventaram novos personagens e novos caminhos, como o misterioso Halbrand (Charlie Vickers), que ajuda Galadriel quando ela tem problemas no mar; e Arondir (Ismael Cruz Cordova), um guerreiro elfo preso por seu amor proibido pela mortal (e mãe solteira) Bronwyn (Nazanin Boniadi).


Portanto, os novos rostos de O Senhor dos Anéis fazem alguns dos trabalhos mais interessantes da série e garantem um certo entretenimento, é preciso separar as obras e aproveitar o máximo desse novo universo que seduz com sua fotografia e efeitos especiais para qualquer fã da "Marvel" não colocar defeito. E, claro dizer a Sam Gamgee que a história ainda não acabou, ela está apenas começando.


‘O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder’ estreou seus dois primeiros capítulos na sexta-feira passada (2), no Prime Video. Confira!


 


189 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page