top of page

Nova cinebiografia de Edith Piaf irá utilizar IA para recriar a voz e imagem da cantora

A produção promete revelar aspectos inéditos da vida de Piaf, até então desconhecidos, por meio da narração gerada por IA.

Edith Piaf
Imagem: Reprodução.


A Warner Music está planejando empregar inteligência artificial para recriar tanto a voz quanto a imagem de Edith Piaf em uma nova cinebiografia centrada na vida da renomada cantora francesa.


A Variety reportou que a Warner utilizará essa tecnologia inovadora para representar a voz e a aparência de Piaf no filme intitulado Edith, que abordará a trajetória da cantora desde a década de 1920 até os anos 1960. A produção promete revelar aspectos inéditos da vida de Piaf, até então desconhecidos, por meio da narração gerada por IA.



A gravadora, em comunicado, explicou que a animação oferecerá uma abordagem contemporânea à história de Edith Piaf. "Ao incorporar imagens de arquivo, apresentações em palcos e na televisão, filmagens pessoais e entrevistas, a produção visa proporcionar ao público uma perspectiva genuína dos momentos marcantes da vida de Piaf."


Conforme afirmado pela Warner Music, a tecnologia de inteligência artificial empregará centenas de fragmentos de voz e imagens de Edith Piaf, alguns com mais de 80 anos. Isso possibilitará a ressurreição de sua "voz e imagem distintas, ampliando ainda mais a autenticidade e o impacto emocional de sua história". O filme incorporará gravações originais de suas músicas, incluindo clássicos como "La Vie en Rose" e "Non, je ne regrette rien".


Edith é concebido a partir de uma ideia original de Julie Veille, que colabora com Gilles Marliac na autoria do projeto. Essa dupla está colaborando estreitamente com Charlie Cohen, o presidente da Warner Music Entertainment, no desenvolvimento da iniciativa.



Abaixo você pode conferir a primeira arte elaborada para o filme:



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page