top of page

Morre aos 83 anos Pedro Herz, dono da Livraria Cultura


Pedro ainda era criança quando sua mãe inaugurou a Cultura, que começou como uma loja de aluguel de livros importados para imigrantes

Pedro Herz
Foto: Claudio Wakahara / Divulgação


Pedro Herz, um dos principais livreiros do Brasil e referência no mercado editorial, morreu na madrugada desta terça-feira (19), em São Paulo.


A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da Livraria Cultura. Herz foi acometido por um ataque cardíaco durante a madrugada em sua casa, em São Paulo.


 A nota divulgada diz que "Pedro Herz foi um visionário no campo editorial, tendo desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento e promoção da literatura em nosso país."


Pedro Herz nasceu em 1940, filho de Eva e Kurt Herz, um casal de judeus alemães que veio para o Brasil em 1938, fugindo da Alemanha nazista.



A livraria Cultura foi um marco na história das livrarias brasileiras. Foi fundada em 1947, pela mãe de Pedro, Eva Herz, que ganhou uma rede de teatros com seu nome, inaugurada em 2010 nas dependências da principal unidade da livraria, localizada no Conjunto Nacional, em São Paulo.


Pedro ainda era criança quando sua mãe inaugurou a Cultura, que começou como uma loja de aluguel de livros importados para imigrantes. A Livraria Cultura chegou a faturar mais de 300 milhões de reais.


A rede de livrarias enfrenta desde 2015 uma crise financeira causada por outra crise no mercado editorial e chegou a entrar em 2018 com pedido de recuperação judicial, perdendo algumas de suas unidades.



 Em junho de 2023, conseguiu suspender sua falência e reabriu a unidade do Conjunto Nacional e a de Porto Alegre.


O livreiro sempre acreditou no poder dos livros e na Cultura, apesar da crise causada pelos novos tempos. Chegou a declarar em uma entrevista que "As livrarias precisam se adaptar às novas tecnologias, mas o negócio nunca vai morrer." Uma frase também foi atribuída a ele e é muito simbólica: "O segredo está nos livros."


 O corpo Pedro Herz será velado no Cemitério Israelita do Butantã, a partir das 10h desta quarta-feira (20). O enterro está previsto para às 12h.

 

 

123 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page