top of page

'House Of The Dragon' substituiu misteriosamente dois atores quando um pegou COVID; entenda

Luke Tittensor fez o papel de seu gêmeo idêntico durante uma cena no final

CRÉDITO: Sky

 


 

Um detalhe que poucos devem ter percebido, ou nem percebido, foi que dois atores em House Of The Dragon trocaram de papéis no final de primeira temporada da série derivada do universo de Game Of Thrones, quando um deles pegou COVID-19.



Os atores, Luke e Elliott Tittensor, que interpretam os gêmeos idênticos Arryk e Erryk Cargyll, respectivamente, trocaram de lugar secretamente.

 


 

No programa da HBO, Arryk fica do lado de Aegon II Targaryen (Tom Glynn-Carney) em sua reivindicação ao trono, enquanto Erryk fica do lado de Rhaenyra Targaryen (Emma D'Arcy). Durante o final, o último rouba a coroa do falecido Rei Viserys (Paddy Considine) e a entrega a Rhaenyra em Pedra do Dragão, enquanto jura lealdade a ela.


Em uma conversa recente no podcast West of Westeros da Entertainment Weekly, o diretor Greg Yaitanes revelou que Luke Tittensor, que interpreta Arryk, assumiu o papel de Erryk depois que seu irmão Elliott testou positivo para COVID-19.


“Há aquela cena, aquela grande cena em que Corlys (Steve Toussaint) desce e eles colocam os marcadores na mesa e o mensageiro entra”, disse Yaitanes. “Foi filmado em dois dias e, em seguida, um pegou COVID. [Elliott] pegou COVID, então o trocamos com seu irmão.”

Erryk Cargyll no final de 'House Of The Dragon' CRÉDITO: Sky

 



 

Ele ainda acrescentou que “isso teria nos destruído” se Luke não pudesse intervir, acrescentando: “Estávamos prestes a fazer toda a cobertura de Emma e ele está bem ao lado [deles]”.


House Of The Dragon é baseado no romance de George RR Martin, Fire & Blood, que traça a história da Casa Targaryen.

43 visualizações0 comentário

留言


bottom of page