top of page

'Dookie' do Green Day: 30 anos do álbum que revolucionou o rock dos anos 90

Sob a produção de Rob Cavallo, o disco gerou sucessos instantâneos que se tornaram hinos da juventude da época.

Green Day
IMAGENS DE CATHERINE MCGANN/GETTY


Em uma marcante celebração de três décadas, recordamos hoje, 1º de fevereiro de 2024, o lançamento de 'Dookie', o terceiro álbum de estúdio do Green Day, que emergiu como uma verdadeira revolução no cenário rock dos anos 1990. Lançado em 1994, este álbum não só consolidou a carreira da banda no mainstream, como também se tornou um marco na história do rock.


Com o adiantamento de US$ 215 mil recebido da Reprise Records, o Green Day iniciou a produção de 'Dookie' nos Fantasy Studios, em Berkeley, Califórnia. Alocando metade dessa quantia para as sessões de gravação e utilizando o saldo restante para adquirir novos equipamentos e uma van, a banda demonstrou seu compromisso em entregar um álbum marcante. Optando por 14 faixas cuidadosamente selecionadas, a banda planejou o álbum como uma experiência auditiva integrada, visando criar a sensação de uma festa contínua do começo ao fim.



Sob a produção de Rob Cavallo, o disco gerou sucessos instantâneos que se tornaram hinos da juventude da época, incluindo "Basket Case", "Longview", "She" e "When I Come Around". Estas músicas catapultaram o Green Day para o estrelato internacional, oferecendo uma nova voz para uma geração descontente e ansiosa por expressão.


O impacto de 'Dookie' transcendeu as expectativas, vendendo mais de 20 milhões de cópias globalmente e estabelecendo-se como um dos álbuns mais influentes do rock dos anos 90. Sua mistura de punk rock com letras que falavam diretamente ao desassossego e à alienação da juventude, capturou perfeitamente o zeitgeist da década.


Trinta anos após seu lançamento, o disco do Green Day permanece não apenas como um testemunho do talento e da visão da banda, mas também como um documento essencial de um momento chave na cultura pop.




Ouça o disco na integra:



26 visualizações0 comentário
bottom of page