top of page

Diretores de Batgirl revelam, que ver The Flash foi "muito triste"

“Sentimos que poderíamos ter feito parte de tudo."

Leslie Grace como 'Batgirl' CRÉDITO: Warner Bros.


Os realizadores do filme Batgirl, que foi cancelado de forma repentina pela Warner Bros. no ano passado, expressaram sua reação ao filme da DC intitulado The Flash, descrevendo sua experiência ao assisti-lo como "profundamente lamentável".


Adil El Arbi e Bilall Fallah, os cineastas que co-dirigiram Batgirl antes de seu cancelamento surpreendente em agosto passado, compartilharam suas opiniões sobre The Flash em uma recente entrevista ao Insider. El Arbi disse: "Ao assistir ao filme, sentimos uma tristeza profunda. Sentimos que poderíamos ter feito parte dessa produção."



O filme Batgirl estava originalmente programado para ser lançado diretamente no serviço de streaming HBO Max, mas foi removido da lista de lançamentos da Warner Bros. Discovery devido a uma "mudança estratégica" na liderança da empresa, conforme anunciado pela produtora na época. O cancelamento ocorreu mesmo quando o filme estava na fase de pós-produção avançada, com Leslie Grace confirmada para interpretar o papel principal.


“Não tivemos a chance de mostrar Batgirl ao mundo e deixar o público julgar por si mesmo”, disse El Arbi ao Insider. “O público é realmente nosso chefe final e deve decidir se algo é bom ou ruim.”


Fallah, por sua vez, descreveu o cancelamento de Batgirl como a “maior decepção de nossas carreiras”, especialmente dada sua afinidade de “fanboy” por Michael Keaton no papel de Bruce Wayne. “Só estar na presença de Keaton como Batman é um privilégio e uma honra”, disse Fallah. “É uma sensação agridoce.”


Após o anúncio de Safran e James Gunn como co-presidentes do estúdio da DC em outubro do ano passado, vários projetos, incluindo Batgirl, passaram por reconsideração. A produção de Mulher Maravilha 3, dirigido por Patty Jenkins, foi interrompida durante essa mudança de administração, e o ator Henry Cavill foi substituído como Superman após negociações com Safran e Gunn.



10 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page