top of page

David Byrne lamenta separação do Talking Heads: “Eu era um pouco tirano”

O grupo revelou recentemente sua intenção de se reunir para uma sessão de perguntas e respostas no Festival Internacional de Cinema de Toronto.

Crédito: Sean Zanni/Patrick McMullan via Getty


David Byrne expressou arrependimento pela maneira como a banda Talking Heads se dissolveu, reconhecendo que ele desempenhou o papel de um "pequeno ditador" durante aquele período.


O grupo revelou recentemente sua intenção de se reunir para uma sessão de perguntas e respostas no Festival Internacional de Cinema de Toronto, em comemoração ao 40º aniversário do icônico filme-concerto "Stop Making Sense". Esse evento marcará a primeira vez em mais de duas décadas que a banda aparecerá publicamente.



Em entrevista à People, o ex-líder do Talking Heads, Byrne, explicou: “Como uma pessoa mais jovem, não era tão agradável estar por perto. Quando eu estava trabalhando em alguns shows do Talking Heads, eu era mais um pequeno tirano.”


Ele continuou: “E então aprendi a relaxar e também aprendi que colaborando com as pessoas, ambos os lados ganham mais se houver um bom relacionamento, em vez de eu dizer a todos o que fazer. Acho que [o final] não foi bem tratado. Foi meio feio.”


Desde sua separação em 1991, os membros da banda Talking Heads mantiveram um relacionamento complexo. Houve uma reunião em 1999 para promover a reedição de 15 anos do filme. Em 2002, eles se uniram novamente para tocar quatro músicas na cerimônia de indução ao Hall da Fama do Rock and Roll. Esse evento marcou a única apresentação ao vivo do grupo desde 1984.



Tina Weymouth, a baixista da banda, expressou no início deste ano, através de uma série de ensaios no Sunday Times, que David Byrne era alguém que demonstrava insegurança.


“Ele sempre parecia muito inseguro sobre si mesmo e frequentemente tentava culpar outras pessoas se as coisas dessem errado. Chris e eu o amávamos muito e fizemos o nosso melhor para ignorar essas falhas de caráter desastrosas, mas parecia óbvio que Talking Heads não iria durar”, disse ela.

8 visualizações0 comentário
bottom of page