top of page

Anno Domini 1989-1995: Black Sabbath anuncia novo box set

Fase de Tony Martin, muitas vezes esquecida pelos fãs da banda, será revisitada.

Discos do Black Sabbath fase Tony Martin
Imagem: Rhino


Com previsão de lançamento para 31 de maio, os discos Headless Cross de 1989, Tyr de 1990 e Cross Purposes de 1994 e Forbidden de 1995 serão lançados em 4 Cds e quatro LPs em versões remasterizadas.


Anno Domini marca a estreia em vinil de vários desses álbuns. Para os aficionados por colecionáveis, a versão em CD oferece três faixas bônus exclusivas: o lado B Cloak & Dagger e as músicas exclusivas do Japão What's the Use e Loser Gets It All.  Além da experiência auditiva de maior qualidade, o box também vai trazer um livreto repleto de fotos, arte e notas do encarte. Além disso, vem acompanhado de um pôster de Headless Cross e um livro de concertos, replicando fielmente a turnê do álbum.



Tony Martin foi o vocalista principal do Black Sabbath em dois períodos distintos: de 1987 a 1991 e novamente de 1993 a 1997. Sua passagem pela banda foi marcada por uma série de álbuns que muitos fãs renegam e outros consideram subestimados. Todos os 3 álbuns gravados durante sua primeira passagem, foram bem recebidos pelos críticos, que chegaram a considerar Headless Cross como um dos melhores trabalhos do Sabbath dos anos 80 e 90.


Tony Iommi fez questão de participar do processo de remasterização de Forbiden, onde em comunicado, disse: Eu nunca fiquei satisfeito com o som da guitarra, e Cozy [Powell] definitivamente nunca ficou satisfeito com o som da bateria ... então, pensei que seria bom fazer isso por ele de alguma forma. Senti apenas que, sem mudar nenhuma das músicas, havia uma oportunidade de voltar e destacar alguns dos sons e torná-lo mais como as pessoas esperariam que o Sabbath soasse.

17 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page