top of page

Zé Flávio, guitarrista da banda Almôndegas, morre aos 71 anos

O artista lutava contra um câncer e veio a falecer nas primeiras horas da quinta-feira (31) em Porto Alegre.

Foto: Divulgação


Zé Flávio, nome pelo qual o músico José Flávio Alberton de Oliveira era reconhecido, veio a óbito nas primeiras horas desta quinta-feira (31) em Porto Alegre. A Secretaria de Cultura estadual relatou que o artista, aos 71 anos, vinha enfrentando uma batalha contra um câncer diagnosticado há três meses. Sua morte ocorreu na casa de sua irmã.


O memorial Angelus, localizado em Porto Alegre, será o local do velório agendado para sexta-feira (1).



Zé Flávio desempenhou o papel de guitarrista na banda Almôndegas, uma das pioneiras do movimento de rock gaúcho nos anos 1970. Ele colaborou estreitamente com Kleiton e Kledir. Zé Flávio é reconhecido como o compositor das icônicas músicas "Canção da Meia-Noite" e "Sombra Fresca e Rock do Quintal", ambas peças fundamentais do álbum de estreia da banda, lançado em 1975.


Ele também é o guitarrista responsável pelo solo icônico da música "Deu Pra Ti", uma composição clássica de Kleiton e Kledir.


"Almôndegas foi uma das bandas pioneiras em criar uma linguagem particular para a música pop gaúcha, misturando velhas canções do folclore regional, mpb e rock", aponta a secretaria.



Além de Zé Flávio e dos irmãos Kleiton e Kledir, a formação original da banda incluía Gilnei Silveira, João Baptista e Quico Castro Neves. Embora o grupo tenha se desfeito em 1979, houve uma reunião em abril deste ano na cidade de Porto Alegre. Outras duas apresentações estão programadas para o final do ano, uma na capital e outra em Pelotas, cidade natal da banda.



16 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page