Weezer comemora seu 30º aniversário e solta: “Não estamos nem perto do fim da nossa história”


Os americanos do Weezer estão comemorando trinta anos de trajetória hoje (15 de fevereiro), e a banda compartilhou um post retro para marcar está ilustre ocasião.


Os veteranos do pop-rock apareceram pelas redes sociais da banda está tarde para compartilhar algumas fotos de recordações, relembrando o primeiro dia em que a banda ensaiou juntos e também prometendo “outro ano fascinante para o Weezer”.


“E assim, faz 30 anos desde o dia em que Weezer nasceu”, escreveu a banda. “Em 15/02/92, Rivers Cuomo, Patrick Wilson, Matt Sharp e Jason Cropper se encontraram na TK Productions em 1956 Cotner Ave em West LA, para o primeiro de 3 dias de ensaios, tocando cerca de 20 músicas diferentes várias vezes, incluindo algumas músicas que chegariam ao Blue Álbum dois anos depois.

“… Então aqui estamos nós em 15/02/22, 30 anos depois. Tanta coisa aconteceu, tantas músicas, álbuns, singles, trilhas sonoras, fãs, turnês, shows, sessões de fotos, entrevistas, tantos bons momentos – e alguns ruins aqui e ali, claro. Brian se juntou a nós quando Jason saiu, Mikey se juntou a nós quando Matt saiu, Scott se juntou a nós quando Mikey saiu. Ganhamos milhares de grandes amigos e perdemos alguns de nossos amigos mais queridos, incluindo Mikey, Ric Ocasek e Mykel e Carli Allan, que iniciaram o Weezer Fan Club.”

O post continua: “… Tanta coisa mudou, no entanto, tendo estado lá para cada passo do caminho, posso realmente dizer que, apesar de todas as mudanças e aventuras incríveis que aconteceram, o espírito do Weezer não mudou muito. Todo mundo ainda quer fazer boa música, agitar e manter as coisas interessantes. E 30 anos depois, não estamos nem perto do fim da história.


“Obrigado por ficar conosco, 2022 será outro ano fascinante para o Weezer e você. – karl #karlscorner #SZNS #hearyoume”.


Enquanto isso, o frontman do Wezzer Rivers Cuomo projetou sua própria plataforma de streaming para abrigar uma centena de músicas que foram originalmente lançadas em 2020 como parte da aula de programação Web de Cuomo. Disponíveis para compra em pacotes, as (demos) vão desde os empreendimentos musicais de Cuomo pré-Weezer até o 'Pacific Daydream' de 2017. Agora, ele criou um aplicativo para reproduzir essas demos e o chamou de Weezify. Está disponível na Apple Store e na Google Play.

 

Sobre Marcello Almeida

É editor e criador do Teoria Cultural.

Pai da Gabriela, Técnico em Radiologia, flamenguista, amante de filmes de terror. Adora bandas como: Radiohead, Teenage Fanclub e Jesus And Mary Chain. Nas horas vagas, gosta de divagar histórias sobre: música, cinema e literatura, e curtir as aventuras do cão Dylan. marce.almeidasilvaa@gmail.com



 

9 visualizações0 comentário