top of page

Watcher é um Suspense mediano que retrata a solidão e a insegurança das cidades

A trama pode não apresentar grandes surpresas, mas se abastece muito bem da direção segura de Chloe Okuno

Foto: Publicidade

Observar ou ser observado. Tema recorrente no cinema. O exemplo mais brilhante agora que chega a mente da maioria dos cinéfilos é ‘Janela Indiscreta’ (1954), do saudoso mestre Alfred Hitchcock. Avançando no tempo, essa temática ganhou força e rendeu muitas produções, algumas interessantes, outras nem tanto. Em muitos filmes, a sensação que fica para o espectador é: o que passa ali na tela é real ou o personagem está passando por alucinações nos levando a crer que tudo era fruto de sua mente?


Esse é o primeiro longa-metragem da diretora Chloe Okuno. É bom lembrar que na antologia de terror ‘V/H/S/94’ (2021), Okuno dirige apenas um dos cinco contos que estão contidos na trama. Então, embora a jovem diretora seja ligada aos gêneros Suspense/Terror, ainda é uma profissional que está escalando seus degraus e adquirindo sua maturidade.


Em 'Watcher', o espectador acompanhará Julia (Maika Monroe) que sai dos EUA para ir morar em Bucareste (Romênia) com seu marido Francis (Karl Glusman). Nada será fácil para a personagem uma vez que ela não conhece nada do idioma, não tem tantos amigos e ainda precisa ficar praticamente sozinha no apartamento por conta do trabalho intenso do esposo. Não bastasse isso, Julia passa a presenciar uma silhueta que a fica observando insistentemente numa janela do prédio vizinho. E isso tudo acontecendo com um serial killer andando pelas ruas da cidade.


Julia também passa a ser perseguida em lugares como supermercados e cinema. Quando a aflição aumenta, é que ela resolve confessar ao marido que, a princípio, não acredita tanto na desconfiança da mulher. Julia também não vê muitos resultados quando pede que um policial investigue o apartamento do suposto observador. Passa a conviver não somente com esse estranho próximo a ela, bem como da incredulidade de Francis e até das piadas dos colegas de trabalho do marido.


Dessa forma, vive um momento conturbado onde cada barulho lhe causa angústia e andar nas ruas pode ser algo muito perigoso. Mesmo assim, a personagem se aventura em seguir seu perseguidor em diversos momentos do filme, o que pode causar certa estranheza por parte do espectador de ter que ver uma mulher às vezes acuada, outras vezes corajosa e decidida a saber mais do homem estranho.


A crítica social não deixa de surgir no filme. A solidão que invade os apartamentos, a dificuldade de viver num lugar novo, o trabalho excessivo que nos desliga da família, a falta de diálogo para entender a dor do próximo, a própria insegurança de se viver nas cidades. Por mais que até possamos pensar numa possível paranoia de Julia, não tem como o espectador se afastar desses problemas da era Moderna que, frequentemente, são abordados na tela do Cinema.

Com a tensão aumentando, a verdade está próxima de aparecer. Sem ajuda, Julia precisa cada vez mais vencer seu medo e saber do seu perseguidor. Para acompanhar a solidão e angústia da personagem, o filme preza por uma cenografia fria e opaca, com poucos figurantes pelo cenário. O ambiente noturno e vazio da cidade nos faz cúmplices do medo sentido por Julia.


A figura do perseguidor vai ganhando forma e, mesmo depois de uma cena onde o psicológico dos personagens é posto a prova, cabe ao espectador decifrar o que virá depois, o que está revelado ali pode surpreender ou mesmo enganar.


Apesar de um desfecho rápido e que poderia render mais tempo de Suspense, interessante ver como a construção psicológica dos personagens é bem delineada. As características dos personagens principais como astúcia, memória, frieza e dissimulação servirão para abrir um confronto que segue por um viés inesperado.


Longe de ser memorável e original, 'Watcher' é um Suspense que mantém em sua protagonista solitária e aflita muito de nossos medos, anseios e sentimentos corriqueiros da vida citadina. Com altos e baixos, um andamento meio lento e algumas falhas de roteiro, se segura por conta de algumas cenas de impacto (a exemplo da cena do metrô) e da construção psicológica dos seus personagens. É um passatempo para espectadores menos exigentes. E sim, lembre-se de fechar as cortinas da sala de sua casa.

 

Watcher


Lançamento: 3 junho de 2022

Gênero: Suspense, mistério

Direção: Chloe Okuno

Roteiro: Zack Ford, Chloe Okuno

Elenco: Maika Monroe, Karl Glusman, Burn Gorman e outros

Duração: 1h 36 min

 

NOTA DO CINÉFILO: 6,0

 

Trailer do filme:


 


134 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page