top of page

Steve Mackey, baixista do Pulp, morre aos 56 anos

Ainda não se sabe a causa da morte, mas a esposa de Mackey, Katie Grand, estilista, disse que ele esteve num hospital nos últimos meses.

CRÉDITO: Getty


Infelizmente, Steve Mackey, baixista do lendário Pulp, faleceu aos 56 anos. A informação foi confirmada pela banda em uma postagem online feita pelo vocalista Jarvis Cocker.


Ele escreveu: “Nosso querido amigo e baixista Steve Mackey faleceu esta manhã. Nossos pensamentos estão com sua família e entes queridos. Esta foto de Steve data de quando o Pulp estava em turnê na América do Sul em 2012.




“Tivemos um dia de folga e Steve sugeriu que fôssemos escalar os Andes. Então nós fizemos. Foi uma experiência completamente mágica. Muito mais mágico do que olhar para a parede do quarto de hotel o dia todo (o que provavelmente é o que eu teria feito de outra forma). Steve fazia as coisas acontecerem. Em sua vida e na banda & gostaríamos muito de pensar que ele está de volta àquelas montanhas agora, no próximo estágio de sua aventura. Boa viagem, Steve. Esperamos alcançá-lo um dia. Todo o nosso amor xx.”


Ainda não se sabe a causa da morte, mas a esposa de Mackey, Katie Grand, estilista, disse que ele esteve num hospital nos últimos meses.


Em uma postagem no Instagram via The Guardian, ela escreveu: “Depois de três meses no hospital, lutando com todas as suas forças e determinação, estamos chocados e arrasados ​​por termos nos despedido de meu brilhante e lindo marido, Steve Mackey. Steve morreu hoje, uma perda que deixou eu, seu filho Marley, os pais Kath e Paul, a irmã Michelle e muitos amigos com o coração partido."


Mackey se tornou membro da banda em 1989, ajudando a compor o terceiro álbum, 'Separations'. Tocou em todos os trabalhos de estúdio subsequentes. Ele alcançou o sucesso como produtor musical trabalhando com The Kills e Cornershop. Também co-escreveu e produziu músicas no primeiro álbum do Florence + the Machine, 'Lungs'.

35 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page