top of page

Roberto Carlos proíbe uso de 'Amada Amante' em produção da Netflix

Ao que tudo indica, a equipe do cantor recusou a proposta devido à temática do filme envolvendo crimes financeiros.

(foto: Marcos Vieira/EM/D.A press)


Roberto Carlos decidiu não permitir o uso de uma de suas músicas em um novo filme da Netflix que aborda crimes financeiros. Após análise pela equipe do cantor, a solicitação de reprodução da faixa "Amada Amante", composta em colaboração com o falecido Erasmo Carlos e lançada nos anos 1970, foi negada.


Conforme reportado pela revista Veja, a intenção era incorporar a canção em uma cena retratando Nelma Kodama, uma empresária brasileira detida em 2014 enquanto tentava viajar para Milão com 200 mil euros escondidos em sua calcinha. Naquela ocasião, a mulher refutou a narrativa e afirmou que o dinheiro estava em seu bolso. Ela também ficou notória por ser a primeira colaboradora da Operação Lava-Jato.



Durante seu depoimento perante a Comissão Parlamentar de Inquérito em 2015, Nelma Kodama, que ainda mantinha uma relação amorosa com o doleiro Alberto Youssef, fez uma alusão à música "Amada Amante", declarando (conforme relatado pela Rolling Stone Brasil):


"Amante é uma palavra abrangente, não é? Ela abarca várias significados, como esposa, amiga. Há inclusive uma música do Roberto Carlos, aquela 'Amada Amante', a amada amante. Concorda? O que poderia ser mais belo do que ser amante?"



De acordo com um comunicado feito ao Uol, após uma avaliação minuciosa, a equipe do artista chegou à conclusão de que a letra da canção não se alinhava com a trama do filme e não compartilhava qualquer afinidade com os elementos narrativos ou personagens. Por isso, autorizar a sua inclusão não seria justificável.


"A equipe responsável por avaliar as solicitações de autorização para o uso de músicas em filmes, séries, novelas e outras produções analisou a sinopse que contextualiza a personagem. E após essa análise, ficou evidente que o conteúdo do poema da música, assim como sua letra, não apresenta qualquer relação com a história da série. A decisão de recusar o pedido de uso se baseia no fato de que a personagem e a trama da série não compartilham afinidades com o teor do poema da música ou sua letra."

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page