top of page

Robert Downey Jr. rebate críticas de Tarantino em relação a Marvel: "uma perda de tempo"

“Acho que nossas opiniões sobre esses assuntos dizem muito sobre nós”, disse Downey Jr.

(Crédito: Getty)

Robert Downey Jr. rebateu as críticas feita pelo cineasta Quentin Tarantino em relação aos filmes da Marvel, caracterizando as como: "perda de tempo".


O astro da Marvel, que deu vida ao amado Homem de Ferro, foi indagado sobre a recente polêmica contra os principais estúdios de quadrinhos, incluindo a duras críticas de Tarantino, que alegou que os atores da Marvel não eram "estrelas de cinema".


“Acho que nossas opiniões sobre esses assuntos dizem muito sobre nós”, começou Downey Jr. ao debater o assunto em uma entrevista recente para Deadline.


“Acho que estamos em um tempo e lugar para os quais contribuí involuntariamente, onde a propriedade intelectual tem precedência sobre os princípios e a personalidade. Mas é uma faca de dois gumes.

“Uma propriedade intelectual é tão boa quanto o talento humano que você consegue para representá-la, e você pode ter uma ótima propriedade intelectual, mesmo que venha de um autor ou um tesouro nacional de um escritor-diretor, e se você não tiver o tipo certo de artista desempenhando esse papel, você nunca saberá o quão bom poderia ter sido.”

Robert Downey Jr. (Crédito: Wireimage/Taylor Hill)

Ele continuou: “Acho que criativamente é uma perda de tempo estar em guerra com nós mesmos. Acho que é um momento em que tudo está muito mais fragmentado agora, acho que você tem esse tipo de bifurcação.


“Atirar pedras de um jeito ou de outro… e já tive minhas reações no passado quando as pessoas diziam coisas que eu achava que desacreditavam minha integridade… Eu digo: “Sabe de uma coisa? Vamos superar isso. Somos todos uma comunidade. Tem espaço para tudo”, e graças a Deus por Top Gun: Maverick e Avatar: O Caminho da Água. Isso é tudo o que tenho a dizer. Precisamos de grandes coisas para abrir espaço para filmes como Armageddon Time".


Downey Jr. acrescentou que não acredita em "diversão lenta", mas defende a "reinvenção" na indústria cinematográfica.

26 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page