top of page

Rage Against The Machine volta aos palcos após 11 anos, com hits clássicos e cover de Springsteen

O aclamado retorno dos veteranos do rock politizado contou com uma versão exemplar de uma faixa de Bruce Springsteen

Tom Morello do Rage Against The Machine. Crédito: Ollie Millington/Redferns

Finalmente a espera chegou ao fim, o Rage Against The Machine fez seu primeiro show na noite de sábado (9), após 11anos longe dos palcos. A banda agraciou o público presente em East Troy, Wisconsin, com diversos clássicos de sua discografia e um cover clássico de Bruce Springsteen.


'The Ghost Of Tom Joad', sempre foi uma canção presente nos setlist do Rage nos anos 90. O grupo chegou a gravar a canção que entrou no álbum de covers 'Renegades' de 2000 – seu quarto e último álbum de estúdio, desde então o grupo não tocou mais a música ao vivo.


Além da versão icônica da faixa de Bruce, o Rage Against tocou canções do seu álbum de estreia homônima de 1992, incluindo os clássicos 'Killing In The Name', 'Bullet In The Head' e 'Bombtrack'. O público ainda presenciou faixas dos álbuns 'Evil Empire' de 1996, como a emblemática 'Bulls On Parade', e canções do disco 'The Battle Of Los Angeles' de 1999.


Apresentação marcante acontece após aproximadamente 11 anos, o show mais recente do Rage antes da data do dia (9), foi no festival LA Rising em 30 de julho de 2011.


Confira momentos do show abaixo








Confira o setlist completo abaixo

‘Bombtrack’

‘People Of The Sun’

‘Bulls On Parade’

‘Bullet In The Head’

‘Testify’

‘Tire Me’

‘Wake Up’

‘Guerrilla Radio’

‘Without A Face’

‘Know Your Enemy’

‘Calm Like A Bomb’

‘Sleep Now In The Fire’

‘War Within A Breath’

‘The Ghost Of Tom Joad’ (Bruce Springsteen cover)

‘Freedom’ (inc. snippet of ‘Township Rebellion’)

‘Killing In The Name’


A etapa norte-americana da 'Public Announcement Tour' do Rage Against The Machine continuará em Chicago, Illinois, com shows consecutivos alinhados no United Center. A corrida continuará em meados de agosto com mais 16 apresentações no itinerário, antes do Rage – embarcar para o Reino Unido e Europa no final do mês.

 

30 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page