top of page

Pirataria de Mangás cresce e gera prejuízo de US$ 2,4 bilhões em 2023

De acordo com uma pesquisa da Nikkei, a pirataria de mangás teve um crescimento sem precedentes durante a pandemia

"One-Punch Man"
Imagem: Reprodução.


A pirataria sempre foi um problema para a indústria do entretenimento, mas sua dimensão cresceu significativamente com a digitalização de conteúdos. Nos anos 60 e 70, as bootlegs de álbuns eram uma preocupação, mas hoje, arquivos MP4 e PDFs representam uma ameaça muito maior. A indústria de mangás, por exemplo, tem sofrido impactos severos com esse tipo de pirataria.


De acordo com uma pesquisa da Nikkei, a pirataria de mangás teve um crescimento sem precedentes durante a pandemia. Em 2023, os prejuízos chegaram a assustadores US$ 2,4 bilhões. Esse aumento coincide com a crescente popularidade dos mangás e animes no ocidente, especialmente em mercados como o Brasil, onde o consumo desses produtos nunca foi tão alto.



A disponibilização de séries de sucesso como "One-Punch Man" na Netflix tem contribuído para essa popularização, atraindo novos fãs que, em seguida, buscam os mangás correspondentes. No entanto, essa popularidade também alimenta a pirataria. A proliferação de sites piratas é uma tendência preocupante. "Novos sites surgem um atrás do outro. Essa tendência é maliciosa. É essencial que continuemos tomando o máximo de medidas anti-pirataria que pudermos", afirmou a agência responsável pela pesquisa.



63 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page