top of page

Paul Weller ataca Robert Smith do The Cure com comentários de repulsa e ofensivos; entenda

"Eu daria um tapa nele, ou algo assim"

CRÉDITO: Getty

 


 

Paul Weller, músico responsável por fundar bandas de sucesso como The Jam e The Style Council, antes de dar início a uma bem-sucedida carreira solo, fez comentários e ataques contundente ao vocalista do The Cure, Robert Smith, o chamando de "b@cet@ gorda".



O músico atacou Smith durante uma longa entrevista para a próxima edição da revista Record Collector, a qual será uma edição especial sobre Paul Weller (via Louder Sound). O assunto começou quando o entrevistador destacou como a nova música de Noel Gallagher tem semelhanças com a emblemática canção 'A Forest' do The Cure.

 


 

Weller, então, respondeu com comentários ofensivos de "incredulidade e repulsa".

"Sério??!" “Eu não posso suportá-los. Puta b@cet@ gorda, com seu batom e todas essas besteiras. Ele tem a minha idade também, não é?

Weller acrescentou: “Ele é um fodido final de botão. Eu não gosto dele. Aí está, uma pessoa com quem quem eu trabalharia e daria um tapa nele, ou algo assim.


A razão por trás desse descontentamento do músico por Smith não ficou clara, embora o Louder Sound observe como o The Jam inadvertidamente ajudou o The Cure durante a gravação de seu álbum de estreia 'Three Imaginary Boys' (1979).


Em 1985, Smith mencionou Weller durante uma entrevista na qual ele disse que o punk não era um movimento político: “Mais tarde se tornou isso, porque as pessoas queriam que fosse visto como um movimento”.


“Mesmo as pessoas que pensam que são socialmente conscientes e emprestam seus nomes a coisas, como Paul Weller e outras coisas… quero dizer, não adianta nada, no final das contas”, explicou Smith. “Porque você teria que ser particularmente estúpido para acreditar em alguém como Paul Weller.


“Você teria que ser particularmente estúpido para acreditar em alguém como eu.”

 


 

Assim como o The Jam, o The Cure também foi descoberto pelo mesmo olheiro da A&R, Chris Parry, que assinou com The Jam para a Polydor em 1977 e The Cure para sua própria gravadora, Fiction Records, em 1978.


Smith ainda não respondeu aos comentários de Weller.


Em outras notícias, o The Cure apresentou sua nova faixa 'A Fragile Thing' em show na Itália. A canção foi apresentada ao público no meio da apresentação e surge como a quinta prévia do novo e aguardado disco 'Songs Of A Lost World'.


Em entrevistas recentes, Robert forneceu mais detalhes sobre o novo álbum 'Songs Of A Lost World', dizendo que os temas abordados no novo disco sucessor de '4:13 Dream' de 2018, possui uma atmosfera de "muita luz" e soa "mais como 'Disintegration' do que ‘Head On The Door’.”


“É bastante implacável, o que atrairá um público mais hardcore, mas não acho que conseguiremos nenhum single número um ou algo assim! Tem sido bastante angustiante, como tem sido para todos os outros.



175 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page