top of page

Olivia Rodrigo e Phoebe Bridgers falam sobre o lado "sombrio" da fama e a ansiedade de fazer turnês

“Por trás de cada mulher, especialmente famosa, há um monte de e-mails realmente assustadores”.

Olivia Rodrigo e Phoebe Bridgers. Crédito: Debra L Rothenberg e Corbis via GETTY


Olivia Rodrigo e Phoebe Bridgers discutiram a ansiedade associada à turnê e os aspectos "assustadores" de se tornar uma celebridade.



Durante uma entrevista realizada por Bridgers para a Interview Magazine, as duas artistas conversaram sobre suas inseguranças em relação à turnê. Rodrigo compartilhou: "Sinto-me incrivelmente afortunada por poder realizar uma turnê. Parece incrível que as pessoas queiram assistir às minhas músicas ao vivo. No entanto, é desafiador estar fora por longos períodos. Ainda estou em processo de compreender como lidar com tudo isso e qual é o significado para mim."


Ao discutir os aspectos intimidantes da fama, a compositora de "Driver's License" afirmou: "A fama está mais acessível do que nunca. Todos almejam algum tipo de viralidade na internet, e há uma ascensão social e desejo de celebridade tão difundidos em nossa geração, que não estão necessariamente relacionados a viver em Los Angeles ou Nova York."



Ela continuou: “Sempre que algo ruim acontece na minha carreira, eu fico tipo, “Uau. Tenho muita sorte de poder fazer isso.” Você tem que ser grato. Muitas pessoas adorariam estar nesta posição. Mas você ainda precisa reconhecer o trauma.”



Bridgers então citou Mitski dizendo “Fama é abuso”, acrescentando que “Por trás de cada mulher, especialmente famosa, há um monte de e-mails realmente assustadores”.


Rodrigo lançou hoje (8 de setembro) seu segundo álbum 'Guts'.

14 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page